Escrivão atuava no Denarc da Capital. (Foto: Alvaro Pegoraro)

Polícia Civil investigará uma denúncia de ameaças, invasão de domicílio e crueldade contra animais. O fato aconteceu na quarta-feira à noite, no bairro Gressler, em Venâncio Aires, e no dia seguinte foi registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

Duas mulheres declararam que estavam na frente de casa, por volta das 22h, quando dois charreteiros começaram a chicotear um cavalo. Segundo as denunciantes, o animal levou vários golpes de relho, pois estava cansado e sem forças para mover a charrete, que estava com excesso de peso.

As mulheres pediram para pararem de bater no animal e os charreteiros as ofenderam e foram embora. Cerca de dez minutos depois, voltaram, um deles chutou o portão e entrou no pátio. Ele sacou um revólver e mandou todos ficarem quietos e entrarem na casa, “se não atiraria em todos”. O outro indivíduo, conforme as denunciantes, ficou na calçada, armado com um facão e pedras.

As vítimas se trancaram dentro de casa e depois os acusados foram embora. Os dois acusados já estão identificados.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome