execução centro Venâncio Aires
Vítima, de 33 anos, foi executada com 11 tiros (Foto: Alvaro Pegoraro/Arquivo FM)

O delegado Felipe Staub Cano revelou que avançaram as investigações que buscam esclarecer a autoria e motivação da execução de Jéferson Luís Faleiro, 33 anos. Nego, como era conhecido, foi executado com 11 tiros disparados de uma pistola calibre 9 milímetros, no começo da noite do dia 5 de abril, na área central de Venâncio Aires.

A Polícia Civil apurou que a vítima havia chegado na casa onde morava, na rua Senador Pinheiro Machado, quando foi abordada por um desconhecido. A companheira de Nego estava junto no automóvel, mas desembarcou e entrou na casa para tratar seu cachorro.

Neste momento ela escutou uma sequência de tiros e viu seu companheiro caído, no meio da rua e o atirador, fugir caminhando. Conforme a perícia, os disparos foram feitos pelas costas.

De acordo com o delegado Cano, o caso é investigado e já foram feitas diligências e cumpridos mandados de busca. “Agora aguardamos os resultados das análises dos materiais que foram encontrados”, explicou o titular da Delegacia de Polícia. A vítima não tinha antecedentes criminais.

LEIA MAIS: Família de rapaz executado na área central quer Justiça

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome