Segundo a denúncia, que 'viralizou' nas redes sociais, o dono do canil submete a maus-tratos constantes cães da raça Pit Bull.

A Brigada Militar recuperou e a Polícia Civil tem os nomes de pelo menos duas pessoas envolvidas no roubo de um celular, praticado segunda-feira à noite, 9, no centro de Venâncio Aires. O aparelho pertence a uma adolescente, que foi atacada e ameaçada de morte.

O crime foi praticado por volta das 23h30min. Ela contou que estava no centro da cidade, junto com outros três adolescentes, e que ao sair para ir embora, foi seguida por três indivíduos.

O grupo caminhou pela rua General Osório e uma quadra adiante, na esquina com a Júlio de Castilhos, foi atacado pelos três indivíduos. Um deles pediu o celular da garota e exigiu que ela o desbloqueasse. “A ameaçou de lhe dar um tiro caso  não entregasse o aparelho”, disse o delegado Vinícius Lourenço de Assunção. A jovem também teve que entregar um colar que usava.

As vítimas foram na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), o caso foi registrado e as informações dos autores do assalto, repassados à Brigada Militar. Foram feitas buscas e o aparelho foi localizado em poder de um menor de idade. Ele estava dentro de uma casa, na rua Marechal Floriano, na área central da cidade.

Levado à DPPA, disse que comprou o aparelho por R$ 30. A vítima não o reconheceu como autor do roubo. Na loja, um aparelho igual ao roubado custa em torno de R$ 1.150.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome