Cartazes espalhados pela cidade pedem justiça (Foto: Alvaro Pegoraro)

Cartazes colados em portos na área central trazem uma foto de Jéferson Luís Faleiro, o Nego, 33 anos, executado a tiros no começo da noite de 5 de abril, no centro, e pedem que seja feita justiça.

O texto diz o seguinte: “Sabemos que nada vai te trazer de volta, mas uma crueldade dessas não pode ficar impune! Só queremos que a justiça seja feita.”

Para a Polícia Civil, trata-se de uma execução. Nego foi abordado por um homem e atingido por 11 tiros disparados de uma pistola calibre 9 milímetros. Todos, nas costas.

As investigações começaram no dia do crime. Segundo o delegado Felipe Staub Cano, é uma atividade que demanda tempo, respeito às leis e sigilo. “Todos os esforços da Polícia Civil estão sendo empreendidos, assim como em todos os demais casos semelhantes”.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome