vitrine quebrada Venâncio Aires
Arrombadores usam pedras para quebrar as portas de vidros (Foto: Polícia Civil/Arquivo FM)

Um suspeito de ser o responsável por uma série de arrombamentos seguidos de furtos, praticados contra estabelecimentos comerciais, na área central de Venâncio Aires, segue nas ruas. Ele foi identificado pela Polícia Civil e Brigada Militar, mas a Justiça indeferiu um pedido de prisão preventiva, representado pelo delegado Felipe Staub Cano.

No despacho que chegou às mãos do titular da Delegacia de Polícia, consta a negativa do pedido de prisão. “O Ministério Público opinou favorável ao nosso pedido de prisão, mas o judiciário indeferiu”, explicou o delegado Cano.

Segundo ele, há provas, inclusive com filmagens, que colocam o suspeito no local do crime. “Mas geralmente ele age de madrugada e naquele horário não tem testemunhas na rua”, observa Cano.

Além dele, há suspeitas da participação de pelo menos mais uma pessoa nos últimos arrombamentos. Os ladrões usam uma pedra para estourar os vidros de portas e vitrines, por onde têm acesso.

Eles agem rápido e geralmente furtam dinheiro e objetos de pequeno valor. Porém, em dois locais também foram levados aparelhos de TV.

O principal suspeito é um jovem viciado em drogas e que segundo as autoridades, pratica os furtos para manter o seu vício. Para o delegado Cano, a prisão deste indivíduo era uma das prioridades da Polícia Civil.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome