Moradores do interior de Venâncio são vítimas do falso sequestro

-

*Por Alvaro Pegoraro e Rosana Wessling

Moradores de Centro Linha Brasil e Linha Isabel foram alvo de um golpe bastante conhecido: o falso sequestro. Durante o fim de semana passado, pessoas ainda não identificadas invadiram suas residências, através de ligações telefônicas, e se passaram por familiares. Em um dos casos, pediram resgate de R$ 150 mil.

Os estelionatários ligaram somente para moradores que tem conta em uma mesma empresa telefônica. A família de Mauri e Rejane Bartholdi foi surpreendida por volta das 23h30min do domingo, 27. “Minha mulher atendeu a ligação e uma voz feminina disse que era nossa filha, Patrícia, e que ela estava em perigo”, explicou Mauri.

Na sequência, um homem começou a falar com as vítimas, disse que a filha delas estava sequestrada e pediu R$ 150 mil de resgate. “Eu disse que nós não tínhamos dinheiro e então o meu marido desligou”, mencionou Rejane. Em seguida eles ligaram para Patrícia e confirmaram que ela estava em sua casa, fora de perigo.

Outra vítima dos golpistas foi a família de Auri Metz. Por volta da 1h10min da madrugada da segunda-feira, 28, a esposa Adriane atendeu uma ligação e uma voz feminina, do outro lado da linha, disse que o filho deles, Willian, estava em perigo. “Minha esposa disse que ele estava em casa e então eles desligaram”, explicou Auri.

Em um dos outros casos, uma das vítimas saiu da sua casa e foi até a propriedade de um familiar, só para ter certeza de que ele realmente estava bem. Não há relatos de moradores destas localidade que tenham caído no golpe.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes