Polícia Civil prende homem que ameaçou e queimou roupas da ex-companheira

-

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira, 11, o homem de 32 anos, denunciado por sua ex-companheira por violência doméstica e que segundo o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, tem em seu histórico de antecedentes, uma tentativa de homicídio.

O caso chegou ao conhecimento das autoridades na tarde da segunda-feira, 10, depois que a vítima, de 35 anos, comunicou na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) os danos causados em sua casa, no bairro Cruzeiro.

Conforme a denunciante, o casal se separou há poucos dias e no fim de semana a mulher disse que foi visitar parentes em outro município e ao retornar, tomou conhecimento de que seu ex-companheiro havia quebrado vários móveis e eletrônicos dentro da sua casa (arrancou a porta da geladeira, danificou a máquina de lavar roupa, cortou o estofamento do sofá).

Ainda segundo a denunciante, o acusado incinerou suas roupas e a ameaçou de morte. Para o delegado Vinícius, a situação é grave, já que o acusado é pessoa violenta e possui antecedentes policiais de crimes graves.

Por isso, menciona o delegado, o homem deverá responder pelos crimes de ameaça em âmbito doméstico e dano qualificado, tendo em vista a utilização de substância inflamável e em razão de motivo egoístico para a realização dos danos. “Só por estes delitos cometidos, as penas, somadas, podem alcançar até 3 anos e meio de reclusão”, esclarece.

A vítima solicitou medidas protetivas de urgência previstas na Lei Maria da Penha, mas o delegado Vinícius entende ser necessária a adoção de medidas ainda mais enérgicas.

*Matéria atualizada às 10h49min para acréscimo de informações. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes