Retroescavadeira está desaparecida desde a sexta-feira, 31 (Foto: Reprodução/FM)

Agentes da Polícia Civil (PC) seguem as buscas a retroescavadeira que sumiu depois das 17h da sexta-feira, 31 de julho, no interior de Venâncio Aires. Já está descoberto que ela foi levada para outro município pelo homem que a operava, um agricultor de 47 anos, que está preso preventivamente na Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva).

Segundo o que foi apurado pela PC, o homem de 47 anos simulou um assalto, onde disse que foi mantido em cárcere privado por mais de 12 horas, quando seguia para sua casa, em Linha Grão-Pará.

Na manhã do sábado, 1º, ele foi até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), contou uma ‘estória’ e prestou depoimento. A retroescavadeira era alugada e seu proprietário, um morador de Lajeado, também foi ouvido.

E foi através deste depoimento, explicou o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, que o caso começou a ser esclarecido. Na segunda-feira à tarde foi decretara a prisão preventiva e o homem de 47 anos foi preso, na pensão onde estava morando, às margens da RSC-453, no bairro Coronel Brito.

Os agentes acreditam que há pelo menos mais uma pessoa envolvida no sumiço da retroescavadeira.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome