Polícia investiga quadrilha que praticou ‘golpe do nudes’ em vítima que se suicidou

-

Um caso de repercussão na região e que resultou na morte de um dos envolvidos no famoso ‘golpe do nudes’, está sendo esclarecido pela Polícia Civil de Venâncio Aires. Na quinta-feira, 3, agentes cumpriram mandados judiciais em um município da serra gaúcha em busca de provas que liguem pelo menos duas pessoas ao golpe e a consequente morte da vítima.

Ainda não há maiores detalhes sobre o trabalho dos agentes, já que eles passaram toda a quinta-feira na cidade serrana. Segundo o delegado Felipe Staub Cano, as investigações apontam para duas pessoas que teriam participação e envolvimento no ‘golpe do nudes’.

Uma delas teria cedido sua conta bancária para que os valores conseguidos com as vítimas, fossem depositados; e a outra seria a pessoa que trocava mensagens e depois ligações com as vítimas.

O homem que tirou sua vida o fez depois de ser ameaçado pelos golpistas, de ter suas fotos íntimas (que ele imagina ter trocado com uma garota jovem e atraente), publicadas nas redes sociais.

Saiba mais

O ‘golpe do nudes’ começa quando um homem (mas também há casos registrados envolvendo mulheres) aceita um pedido de amizade nas redes sociais, começa a trocar mensagens com uma pessoa que ele imagina ser uma garota jovem, até que a situação avance para a troca de fotos íntimas.

Neste estágio os golpistas já têm o número do telefone da vítima e passam a fazer ligações, se passando pelo pai da suposta jovem. Há casos onde os golpistas mandam fotos de delegados de polícia e até de agentes, pelo WhatsApp, para intimidar ainda mais as vítimas.

O próximo passo é pedir dinheiro para que o caso não seja tornado público e as fotos não ‘vazem’ nas redes sociais.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes