Assalto
Caminhão foi usado pelo bando para transportar as mercadorias roubadas. (Foto: Alvaro Pegoraro/Reprodução FM)

Passava das 19h30min quando o plantonista da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) ligou para o inspetor Cassiano Dal Ongaro, solicitando apoio para averiguar a ocorrência. O agente do Setor de Investigações (SI) foi até a DP, tomou ciência da situação e acompanhou o colega até o Centro de Distribuição das Lojas Becker. “Chegamos lá e já havia três viaturas da Brigada Militar, do lado de fora do pátio, e uma movimentação de funcionários”.

Os órgãos de segurança foram acionados depois que outros motoristas tentaram entrar no local, não conseguiram e notaram que estava tudo trancado. Foram feitos contatos com a direção da empresa e funcionários das Lojas Becker foram até lá. “Um deles pulou o portão, conseguiu um controle e o abriu e então entramos para averiguar o que estava acontecendo”, disse Dal Ongaro.

Primeiro os policiais foram até a casa, na parte interna do pátio da empresa, onde mora o casal de funcionários e a filha. “Estava tudo aberto, não tinha ninguém, mas notamos que os celulares, as carteiras e demais objetos estavam lá. Então tivemos a certeza de que havia acontecido algo muito grande”, observou o inspetor. Na sequência eles fizeram uma varredura dentro dos pavilhões e constataram que não havia mais ninguém.

O próximo passo foi olhar o que as câmeras de monitoramento haviam gravado. “Vimos que se tratava de uma quadrilha especializada, que estava armada até com fuzil”, disse Dal Ongaro. As imagens mostram o gerente e dois motoristas ajudando a colocar as mercadorias no caminhão e depois o bando fugindo do depósito. Horas depois veio a notícia de que os reféns tinham sido libertados, em Triunfo. “Com certeza é serviço de profissional”, assegurou o inspetor.

LEIA MAIS: 

Quadrilha fez dez reféns no assalto ao centro de distribuição das Lojas Becker

Gerente do Centro de Distribuição das Lojas Becker diz que foi obrigado a carregar caminhão

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome