Foto: Divulgação / AI PMVAEstado cederá 30 hectares para construção da Vila Olímpica
Estado cederá 30 hectares para construção da Vila Olímpica

Após quatros anos e meio, o Governo do Estado fará a escritura do terreno de 30 hectares aos fundos da escola Wolfram Metzler, para repassá-lo ao Município. O local sediará uma Vila Olímpica e foi requisitado ainda durante a gestão da governadora Yeda Crusius. O ato de assinatura do documento ocorre na secretaria estadual de administração, às 15h. O prefeito Airton Artus participa, acompanhado de representantes do governo municipal.

No total, o educandário possui 92 hectares de terras em área nobre no bairro Bela Vista. O Município solicitou ao Estado a cedência de uma área mais afastada da sede escola para a construção da Vila Olímpica. No local estão projetadas pistas de atletismo, futebol, vôlei, basquete, caminhadas, ciclovia, piscina olímpica, entre outros atrativos esportivos.

Foto: Divulgação / AI PMVAVila Olímpica depende de recursos federais para sair do papel
Vila Olímpica depende de recursos federais para sair do papel

Após receber a escritura do terreno, Artus projeta iniciar o processo de captação de recursos para a obra. “Vamos começar a trabalhar para buscar recursos e iniciar este projeto que garantirá mais qualidade de vida para a população. Após muito trabalho para garantir este espaço, vemos mais um projeto inovador da cidade sair do papel.”

Além da Vila Olímpica, no terreno está previsto passar uma avenida perimetral que circulará a cidade no futuro visando desafogar o trânsito.