Em votação ocorrida na noite desta segunda-feira, 27, vereadores reprovaram, por maioria, o projeto do Executivo (Foto: Carlos Dickow)

Por 9 votos a 5, a Câmara de Vereadores de Venâncio Aires reprovou, na noite desta segunda-feira, 27, o Projeto de Lei número 038/2020, de autoria do Executivo e que pedia autorização para um financiamento no valor de R$ 14,1 milhões para a modernização da iluminação pública de Venâncio Aires.

Votaram contra a matéria os vereadores Sid Ferreira, Tiago Quintana, Ana Cláudia do Amaral Teixeira e Ciro Fernandes, todos do PDT; Izaura Landim, André Puthin e Gilberto dos Santos, todos do MDB; Nelsoir Battisti, do PSD; e Zé da Rosa, do Republicanos. Os favoráveis foram Ezequiel Stahl e Arnildo Camara, ambos do PTB; Adelânio Ruppenthal e Sandra Wagner, ambos do PSB; e Eduardo Kappel, do PL. A presidente da Mesa Diretora, Helena da Rosa (MDB) não votou, pois pelo Regimento Interno, só teria que se manifestar em caso de empate no plenário.

Com a reprovação, o prefeito Giovane Wickert (PSB) não poderá levar adiante a intenção de realizar a modernização por meio de um consórcio de municípios, como pretendia. Ele já havia anunciado que, se o projeto não fosse aprovado pelos vereadores, utilizaria os R$ 4 milhões à disposição na conta da Contribuição de Iluminação Pública (CIP) para licitar os trabalhos, começando pela região central e deixando o interior para depois. Resta saber se a promessa vai se confirmar.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome