Foto: Guilherme Siebeneichler / Folha do MateOs questionamentos iniciaram quando foi realizada a votação do projeto de lei que trata sobre a compra de vagas em creches particulares
Os questionamentos iniciaram quando foi realizada a votação do projeto de lei que trata sobre a compra de vagas em creches particulares

Durante a sessão ordinária do Legislativo Municipal nesta semana, comparações entre o atual governo e os passados gerou debate entre vereadores de situação e oposição. Os questionamentos iniciaram quando foi realizada a votação do projeto de lei que trata sobre a compra de vagas em creches particulares. Entre acusações, parlamentares da oposição acusaram o governo municipal de não cumprir critérios para a seleção de beneficiários nas escolas de educação infantil. Em defesa da atual gestão, o presidente da Câmara de Vereadores, José Cândido Faleiro Neto, afirmou que não existe ‘jeitinho’ para seleção e que isso era coisa do passado.

A vereadora Helena da Rosa do PMDB, em resposta ao presidente, afirmou que o último governo tinha critérios específicos para a seleção de famílias no preenchimento de vagas em creches municipais.

José Ademar Melchior, do PMDB, saiu em defesa da vereadora Helena, e cobrou respeito dos governos passados, que mantiveram o município em condições para o atual governo trabalhar.

Helena finalizou sua fala afirmando que a cidade não surgiu em seis anos.

No final da sessão ordinária, José Cândido Faleiro Neto, comentou a situação e afirmou que todos os governos tiveram papel fundamental para a construção da cidade. Para ele é necessário avaliar todos os períodos e não somente criticar as ações do atual governo.

Confira a reportagem completa no flip ou edição impressa de 12/06/2014.