Sessão interiorizada da Câmara ocorreu na Comunidade Nossa Senhora de Lourdes (Foto: Carlos Dickow/Folha do Mate)

Presidente da Comunidade Nossa Senhora de Lourdes – local onde foi realizada a sessão da Câmara desta segunda-feira, 18, em Vila Estância Nova -, Elígio Becker foi o porta-voz dos moradores da região e, ao utilizar a tribuna, anunciou quais são as prioridades do 9º Distrito. Ele destacou que a região é uma das maiores produtoras de tabaco de Venâncio Aires, o que consequentemente rende arrecadação para o Município, e que a Administração deveria “rever os conceitos de aplicação dos recursos públicos, pois a riqueza que é produzida aqui não retorna, proporcionalmente, para a nossa região”.

Elígio Becker foi o porta-voz dos moradores da região (Foto: Carlos Dickow/Folha do Mate)

Becker disse que a comunidade espera ser beneficiada com pavimentação, acessos a propriedades em melhores condições, saneamento básico e mais segurança. Também destacou a necessidade de os moradores contarem com mais atendimentos na área da saúde. “Se não cuidarmos do interior, um dia teremos apenas idosos vivendo pra fora, com a produção reduzindo e nossos jovens inchando a cidade. Precisamos olhar além da 287. O escoamento da produção se dá a partir da propriedade e as condições precisam melhorar. Temos que buscar alternativas para manter os homens e seus filhos no campo”, afirmou.


“Queremos lembrar a cada um que fez promessas, em campanha, que muitas ainda não foram cumpridas. Saibam que os eleitores não se esquecem disso. Defendam sempre os interesses da população.”

ELÍGIO BECKER – Presidente da Comunidade Nossa Senhora de Lourdes


SEGURANÇA

Em relação à segurança, o presidente da comunidade ressaltou que ainda é aguardada a chegada do posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que seria uma contrapartida pela construção, em Vila Estância Nova, da Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva). “Nos foi prometido um posto da PRE aqui, mas até agora ele não chegou. Os moradores têm sido vítimas de assaltos em seus comércios e residências, por isso pedimos empenho para esta demanda tão importantes”, declarou o representante.

ESCOLA

Em nome da Escola Adelina Isabela Konzen, falaram a diretora Adriana Kroth, e a presidente do Conselho de Pais e Mestres (CPM), Katia Hendges. Elas pediram atenção para o ginásio esportivo da instituição de ensino, que está interditado desde 2014 e, além de impedir a prática de Educação Física, oferece risco aos 276 estudantes; limpeza no terreno ao lado da escola, para que possa servir de estacionamento para ônibus de transporte escolar e veículos de pais e professores; e iluminação no entorno do educandário. “Também pedimos apoio de todos neste momento de desgaste muito grande e de desvalorização do profissional de educação”, solicitou Adriana, em referência ao pacote do governador Eduardo Leite (PSDB), que prevê mudanças no plano de carreira e que motivou a paralisação da categoria.

Adriana e Katia fizeram pedidos de melhorias para a Escola Adelina Isabela Konzen (Foto: Carlos Dickow/Folha do Mate)

“Aproveitando a oportunidade, queremos agradecer à Comunidade Nossa Senhora de Lourdes, que nos cede o espaço para que possamos realizar nossas atividades e eventos, já que o ginásio segue interditado.”

KATIA HENDGES – Presidente do CPM da Escola Adelina Konzen


PREFEITO E VICE

  • Como de costume, o prefeito Giovane Wickert compareceu a mais uma reunião interiorizada da Câmara e utilizou a tribuna. Elogiou o esforço da comunidade para reformar o salão de festas, que segundo ele “é um dos mais bonitos e aconchegantes do interior de Venâncio Aires”. Reconheceu que Vila Estância Nova é um dos maiores distritos em densidade populacional e que precisa ganhar pavimentação nos próximos anos. Lembrou que a região foi a primeira contemplada com abertura de capatazia, que agora está aparelhada e poderá dar melhor retorno para os moradores no que diz respeito à prestação de serviços. Ressaltou que o Executivo discutirá com a comunidade onde serão investidos os recursos arrecadados com o IPTU e afirmou que “há muitos anos as estradas do interior não recebiam tanto material como agora, a ponto de se manterem em condições de trafegabilidade mesmo após muita chuva”.
  • O vice-prefeito Celso Krämer, que reside no 9º Distrito há 35 anos, também fez pronunciamento durante a sessão. Declarou que tentará buscar emendas parlamentares com o deputado federal Marcelo Moraes (PTB) para investimento na região, especialmente porque o Município implementará no novo Distrito Industrial em Vila Estância Nova. “Com o Distrito Industrial, virá também o desenvolvimento, principalmente em relação à segurança e infraestrutura. Pavimentações para a região também estão entre as nossas metas e precisamos lembrar que já realizamos obras como o ginásio de Rincão de Souza e Mangueirão e o centro de convivência em Picada Mariante”, argumentou. Krämer também afirmou que a confirmação da doação da área para o novo Distrito Industrial “é a certeza de que não teremos a expansão do presídio, pois era ventilada uma ala feminina e mais celas para os homens, podendo chegar a dois mil presos em alguns anos”.

 

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome