Giovane Wickert sinaliza com candidatura à Assembleia Legislativa em 2022

-

Venâncio Aires pode ter dois ex-prefeitos concorrendo a uma vaga na Assembleia Legislativa em 2022. Com Airton Artus (PDT) já confirmado para o pleito, agora é Giovane Wickert (PSB) quem ventila entrar na disputa. Um dos principais incentivadores é o deputado estadual Dalciso Oliveira (PSB), que visitou a Capital Nacional do Chimarrão com Wickert, na sexta-feira, 9, e concorrerá a deputado federal.

Oliveira seria uma das principais dobradinhas do venâncio-airense. Outras prováveis parcerias são com Heitor Schuh (PSB), que tentará a reeleição à Câmara Federal, e Luciano Azevedo (PSB), de Passo Fundo, que buscará uma vaga em Brasília pela primeira vez. Também pode aparecer neste cenário o atual secretário estadual de Obras e Habitação, José Stédile (PSB), que não sabe se vai a estadual ou federal.

Nessa segunda-feira, 12, o ex-prefeito confirmou à reportagem da Folha do Mate que vem sendo provocado para a disputa eleitoral do próximo ano. No entanto, ele declarou que ainda não está confirmado como um pré-candidato. “Preciso conversar comigo mesmo, com a minha família, com o PSB de Venâncio Aires e as lideranças da nossa região. O desafio está lançado e não tenho medo de enfrentá-lo, mas não vou sair me lançando candidato sem que meus apoiadores sejam consultados. É preciso ter um bom suporte”, analisa.

De acordo com Wickert, a intenção do PSB é eleger de quatro a cinco deputados estaduais, e o seu nome tem sido um dos mais comentados em nível de região e estado. “Ganhei projeção não apenas por ser prefeito de Venâncio, mas também por ter assumido o Cisvale (Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo) e a AGCONP (Associação Gaúcha de Consórcios Públicos). Além disso, ainda fiz parte das entidades de defesa ao tabaco, que é o carro-chefe da economia da nossa região”, argumenta.

“Entendo que ainda é cedo para firmar uma posição, até porque preciso fazer uma avaliação e uma série de contatos. Tenho que conversar com as bases, para ver se a intenção tem eco. É um processo que precisa de maturação, por isso não posso sair atropelando as etapas.”

GIOVANE WICKERT – Ex-prefeito de Venâncio Aires, atual secretário estadual adjunto de Obras e Habitação

Encontros

Se os números relacionados a casos, internações e óbitos por coronavírus continuarem regredindo, o ex-prefeito planeja se reunir com o PSB da Capital do Chimarrão e, também, com a coordenação do partido no Rio Grande do Sul, para avaliar se leva adiante a ideia de concorrer. “É uma construção que, acredito eu, até o fim do primeiro semestre, esteja resolvida”, projeta. Wickert salienta que até o deputado estadual Elton Weber (PSB), que buscará a reeleição para a Assembleia Legislativa, é a favor de que seu nome esteja à disposição dos eleitores. “Há espaço e o partido quer estar cada vez mais representado”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes