O vereador Jarbas da Rosa estaria definido como o nome do PDT para concorrer a prefeito em outubro deste ano e tentar o terceiro mandato consecutivo do partido em Venâncio Aires. Também vereador, Telmo Kist, outro cotado para encabeçar a chapa pedetista, teria aceitado o convite para ser o coordenador da campanha à majoritária.

A cúpula do PDT não confirma a informação, mas ela já vazou das instâncias da sigla e, ao invés de aguardar para anunciar o nome do candidato apenas em março, como tinha prometido, o partido deve antecipar a revelação em virtude de a notícia ter ganhado as rodas de conversa e bastidores da política com força nos últimos dias.

Agora, o PDT sai em busca de parceiros para a eleição. O PMDB, do presidente da Câmara, Zecão Melchior, tem mostrado estar próximo da atual Administração Municipal. No entanto, em recente visita a Venâncio Aires, o presidente da Assembleia Legislativa e ex-presidente estadual da sigla, deputado estadual Edson Brum, deixou claro que a cúpula estadual espera candidatura peemedebista próprio no pleito de outubro na Capital Nacional do Chimarrão.

Se PDT e PMDB não coligarem, é provável que tenhamos pelo menos três candidatos à Prefeitura em 2016. é que Giovane Wickert (PT), atualmente na função de vice-prefeito, não abre mão de disputar o cargo e já ganhou o apoio do PTB, do vereador Celso Krämer, que pode aparecer como vice na chapa. Entretanto, até abril – seis meses antes das eleições -, novos nomes podem aparecer neste cenário. E as chapas somente serão oficialmente conhecidas em junho, quando ocorrem as convenções partidárias.