Secretário Edson Brum confirma presença do Estado na Fenachim

-

Uma comitiva venâncio-airense – formada pela vice-prefeita, Izaura Landim; pelo presidente da 16ª Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim), Vilmar de Oliveira; pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Nelsoir Battisti; e pelo assessor administrativo da pasta e também diretor de exposições comerciais e industriais da festa, Marcos Hüttmann – esteve em Porto Alegre, na terça-feira, 7, e retornou para a Capital Nacional do Chimarrão com bem mais do que foi buscar na capital.

A intenção era garantir apoio institucional do Governo do Estado para a Fenachim e, para isso, eles participaram de agenda com o titular do Desenvolvimento Econômico, Edson Brum. Mais do que a sinalização de que o Estado vai marcar presença na festa, Brum anunciou que vai providenciar, por meio da pasta que comanda, a participação de técnicos do Badesul Desenvolvimento S.A. – Agência de Fomento e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) para realização de rodadas de negociações. “Os bancos são vinculados à secretaria e é importante oportunizarmos essa interação”, disse.

O secretário destacou que tentará viabilizar uma espécie de ‘balcão’ do Governo do Estado, BRDE e Badesul na Fenachim. “Queremos estar fisicamente, para dar mais ênfase à indústria e também aos empreendedores”, declarou Brum. Segundo ele, ao contrário do que muitos empresários pensam, as instituições financeiras oferecem linhas de crédito para negócios de diferentes portes. “Se um hotel quiser trocar os colchões e os lençóis, temos financiamentos com um ano de carência e cinco para o pagamento. Se um restaurante quiser renovar as panelas e o fogão, é a mesma condição. Às vezes, o empreendedor local, aquele do Simples ou o pequeno, não sabe disso. Esta proximidade é realmente necessária”, afirmou.

“Vamos trabalhar juntos para que, em maio, possamos ter uma presença forte na Fenachim. Vamos levar os técnicos do Estado, da secretaria, do Badesul e do BRDE para rodadas de negociações.”

EDSON BRUM – Secretário estadual de Desenvolvimento Econômico

Perfil

Os representantes de Venâncio Aires aproveitaram o encontro para fazer a entrega ao secretário da nova edição da revista Perfil Socioeconômico, produzida pela Folha do Mate e que tem informações sobre as maiores empresas e produtores da Capital Nacional do Chimarrão. Brum, que é da região (Rio Pardo) e conhece a economia de Venâncio Aires, bem como de municípios vizinhos, elogiou o material. “Quem quer conhecer Venâncio Aires e a microrregião, basta passar o olho pela revista”, destacou ele, que também já participou de uma edição do Gente & Negócios, projeto da Folha do Mate e Terra FM que consiste na realização de painéis com o propósito de discutir iniciativas para o futuro de Venâncio e região.

Fundopem e Integrar

• Além das possibilidades referentes a Badesul e BRDE, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Edson Brum, destacou que também estão à disposição dos empreendedores o Fundo Operação Empresa do Rio Grande do Sul (Fundopem-RS) e o Programa de Harmonização do Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Sul (Integrar-RS), que têm como finalidade conceder incentivos às empresas que buscam se instalar ou expandir seus negócios no estado.

• De acordo com ele, a partir da atualização dos processos internos – redução de etapas para obtenção de benefícios, criação de dispositivos que estabelecem mecanismos permanentes de transparência no processo e possibilidade de utilização do incentivo com apropriação direta do crédito de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) -, a vida de quem pretende empreender, gerar emprego e desenvolvimento será facilitada, tendo como resultado, ainda, a apresentação de serviços mais ágeis à população, pois reduz a burocracia. “No Fundopem, por exemplo, quem fatura até R$ 300 milhões não precisa nem dar garantia”, comentou.

O que disseram

Izaura Landim, vice-prefeita de Venâncio Aires

• “O desenvolvimento econômico é, sem dúvida, um pilar fundamental do nosso município. A 16ª Fenachim é uma grande festa, com enorme potencial cultural, mas também oportuniza a criação de um ambiente de negócios. A presença do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, mostrando as possibilidades de isenções fiscais e trazendo os bancos, é uma excelente notícia. Teremos esclarecimentos sobre financiamentos, que estão acessíveis a todos. As informações vão chegar de forma clara ao pequeno, médio e grande empreendedor do município, que podem se utilizar dos bancos estatais para buscar recursos, a juros mais baixos, para abrir ou expandir o seu negócio. A gente vê isso como muito favorável. Soma para que tenhamos o que todos queremos: uma grande Fenachim”.

Nelsoir Battisti, secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo

• “Temos uma excelente relação com o secretário Edson Brum e nossa visita teve como objetivos buscar apoio institucional para a Fenachim e, também, conhecer algumas oportunidades que o Desenvolvimento Econômico do Estado oferece, em especial para as empresas. Tivemos uma conversa inicial sobre linhas de crédito e incentivos por meio do Badesul e do BRDE e deixamos claro que queremos manter esta relação de proximidade, pois o presidente da 16ª Fenachim, Vilmar de Oliveira, tem repetido que quer uma festa cultural, como tradicionalmente ocorre, mas também com um ambiente favorável para os negócios. Dessa forma, estamos muito felizes de podermos confirmar que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado vai estar na Fenachim com toda a sua estrutura. O secretário Edson Brum ficou empolgado ao saber que o nosso objetivo é fazer com que a festa tenha este forte viés de negócios”.

Vilmar de Oliveira, presidente da 16ª Fenachim

• “A reunião com o secretário de Desenvolvimento Econômico, o deputado estadual Edson Brum, foi muito produtiva. Ele conhece muito bem a região e também a Festa Nacional do Chimarrão, a nossa Fenachim. Levamos a ele a nossa intenção de termos um espaço exclusivo para negócios na festa, relacionado à inovação, à tecnologia e ao empreendedorismo, com foco empresarial. Essa possibilidade de termos o BRDE e o Badesul na Fenachim, que são dois bancos ligados à secretaria, é muito significativa, pois são instituições que atuam no financiamento do setor produtivo. Ele vai analisar junto aos técnicos qual é a melhor forma de a pasta, os bancos e o Governo do Estado marcarem presença na nossa festa. Ficamos muito contentes com a receptividade e vamos aguardar”.

Marcos Hüttmann, diretor de exposições comerciais e industriais da 16ª Fenachim

• “Tivemos uma ótima recepção do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Edson Brum e apresentamos, em primeira mão, a revista Perfil Socioeconômico, recentemente lançada pela Folha do Mate. É um material de extrema relevância, uma vez que o secretário trabalha para atrair investimentos para o Rio Grande do Sul, e ali está o diagnóstico econômico de Venâncio Aires. Outra pauta foi em relação à Fenachim e suas oportunidades. Como temos uma vocação industrial muito grande no município e o presidente da festa também é presidente da Caciva, fomos convidar o Governo do Estado para estar presente na Fenachim. Estamos planejando um espaço de inovação e empreendedorismo no Parque do Chimarrão, com divulgação de potencialidades, novas startups, palestras técnicas e outras parcerias institucionais. O secretário prontamente atendeu a nossa solicitação e garantiu que o Desenvolvimento Econômico estará no evento. Também estamos buscando apoio financeiro para a festa, que carrega no seu nome o símbolo máximo do Rio Grande do Sul. Queremos fazer a Fenachim acontecer de forma sustentável, com o melhor custo benefício possível”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes