O Rio Grande do Sul terá como homenageada durante os festejos farroupilhas, Nilza Lessa, esposa de Luiz Carlos Barbosa Lessa, ícone do tradicionalismo gaúcho. O título foi aprovado por unanimidade no dia 16 de maio, durante reunião da Comissão Estadual dos festejos farroupilhas e aprovado por unanimidade. O convite oficial foi entregue à homenageada neste final de semana.

Segundo Rogério Bastos, da assessoria de imprensa do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), com quase 80 anos, dona Nilza, que é natural de Santana do Livramento, onde nasceu em 1932, será a primeira mulher a receber o título.

Nilza Lessa foi professora, produtora de TV, de festas e eventos, gerente da churrascaria do 35 CTG e teve uma loja de artigos gauchescos nos abrigos da praça XV, para atender aos turistas que vinham à capital. Hoje, Nilza mora em Porto Alegre.

Como forma de homenagear personalidades que fizeram parte da história do Rio Grande do Sul, a comissão estadual dos festejos farroupilhos começou em 2005 a escolher um patrono a cada ano.