Programa de Atenção Integral atende 50 famílias em Venâncio

-

O Programa de Atenção Integral à Família (Paif) realizado em Venâncio Aires, desde o mês de março, atualmente atende 50 famílias venâncio-airenses. A observação é da coordenadora do Centro de Referência em Assistência Social (Cras), Josiane Beatris Hartung.

A profissional lembra que o projeto é realizado por meio de um atendimento integral, com aquelas que são beneficiárias do Bolsa Família ou que estão em situação de vulnerabilidade social e pessoal. São atendidas mães e os seus filhos com até seis anos de idade.

A iniciativa é do governo federal e faz parte da Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais. Ocorre por meio da inclusão produtiva que trabalha a autonomia.

Para as mães, são oferecidas oficinas de inclusão produtiva. Nas segundas-feiras são realizadas as de costura e na quarta-feira de trabalhos artesanais.

Já as crianças participam com as mães do atendimento que objetiva o fortalecimento de vínculos, nas sextas-feiras, pela manhã.

Josiane destaca que as oficinas são uma forma das participantes ampliarem a renda, pois aprendem as técnicas. “Elas estão gostando muito do projeto. Algumas já costuram para fora.”

A assistente social Daiane Führ observa que o projeto é paralelo ao Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem). “O Paif muda a vida delas.”

Maria Edi Justen participa da oficina de artesanato que ocorre nas quartas-feiras. Afirma que aprecia a atividade, que, segundo ela, serve como terapia.

Rosângela Felipe, que também está na oficina de costura, diz que tinha o sonho de costurar e que o projeto lhe proporcionou realizá-lo. “Não tive chance de aprender a costurar e agora tenho. Aqui eu me distraio e também gosto das colegas”, declara.

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes