Foto: Divulgação / InternetUm novo ano é a chance de renovar, construir novas metas, sonhos e expectativas
Um novo ano é a chance de renovar, construir novas metas, sonhos e expectativas

‘Adeus ano velho, feliz ano novo, que tudo se realize, no ano que vai nascer.’ Esse é um trecho de uma das músicas de fim de ano mais conhecidas. Quando um outro ano se inicia, muitas pessoas não perdem a oportunidade de comemorar e traçar metas para começar um novo ciclo com o pé direito. Em meio às comemorações, muitas energias se renovam e novos sonhos surgem.

Conforme a psicóloga Daniela Graef, é importante traçar metas, sejam formais ou escritas. A vida deve ser vista dentro de um processo de evolução e traçar esses objetivos é fundamental para que as pessoas sintam-se em processo de evolução.

Terminar um ciclo, é também fazer um balanço no fim de ano para ver o que se conseguiu, o que foi avançado e conquistado. Na opinião dela, a ideia de terminar um ano e recomeçar, faz bem até para quem não está em um bom momento da vida, pois, com o início de um novo ano, as pessoas têm a oportunidade de recriar, construir novas expectativas e buscar a motivação pessoal e profissional.

SEGREDOS DA VIDAPara a profissional, o segredo da vida está no olhar das pessoas perante as conquistas e acontecimentos. “às vezes, as pessoas negativas podem até ter alcançado algumas metas, mas a avaliação delas será ruim, porque elas podem estar em um momento que não seja bom e, com isso, criam um olhar negativo”, explica. Daniela ressalta que o interessante é encarar tudo o que cerca com otimismo, aproveitar as conquistas, mesmo que elas não tenham sido como o planejado. “Temos que aproveitar tudo o que tivemos de bom e recriar ou reestruturar um novo plano para o ano que vem”, complementa.

A profissional ainda acrescenta que se torna necessário valorizar as conquistas pequenas, onde não estão incluídos apenas os bens materiais, mas também, valores e sentimentos. “As pessoas falam muito em crise, mas e o outro lado? E as coisas que conquistamos de outras formas?”, questiona.

Daniela comenta que algumas pessoas encaram o começo de um novo ciclo em clima de festa, mas nem todas comemoram da mesma forma. “Existem pessoas que não gostam de fim de ano, porque vivem como sendo um período de luto, de término e de um momento triste”, conta.

 COMEMORAçõES

Para o astrólogo João Pedro Matzenbacher, as comemorações de um novo ano são positivas às pessoas. Matzenbacher ressalta que existe uma virtude do ser humano que se chama esperança e ao iniciar um novo ciclo, as pessoas criam uma esperança de que o próximo ano será melhor.

Ele explica que existe uma crença onde o que se faz no primeiro dia de um novo ciclo, traz reflexos em todas as outras épocas do ano. Por isso, na opinião dele, nada melhor do que fazer do primeiro dia do ano, um período festivo. é devido à crença, que se explica o fato de haver fartura e muitas comemorações. Segundo o astrólogo, se come bastante, por exemplo, para que não falte comida; se dá presentes, para que todo o ano haja fartura de materiais. Além disso, se comemora, para que a alegria também faça sempre parte da vida das pessoas. “Passar o primeiro dia chorando não é bom, porque o ano tem que começar alegre. é positivo comemorar, porque o que se faz, se repete”, explica.