Representantes do MEC avaliam Mulheres Mil no IFSul

-


Representantes do MEC avaliam Mulheres Mil no IFSul

Avaliar o programa Mulheres Mil e conhecer a realidade das alunas do projeto. Com esse motivo, representantes do Ministério da Educação (MEC) visitaram o Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul) campus Venâncio Aires, nesta semana. A consultora da Unesco e do MEC, Rosilene Silva da Costa, o pró-reitor adjunto de Extensão do IFSul, Miguel Arcanjo Vidinha Baneiro, e a assistente de administração da pró-reitoria de Extensão, Sandra Teixeira, acompanharam uma aula do programa. Na terça-feira (14), eles visitaram bairros do município, acompanhados pelas alunas do Cleusa Reginara Godoy e Janete Cristina de Lima, e a voluntária do Lions Clube Melvin Jones e do Comitê da Cidadania, Antoniete Frólio. “Queremos conhecer a comunidade, os locais onde estão as mulheres atendidas”, disse Rosilene.

As aulas do programa Mulheres Mil começaram no mês passado. Apesar das cem vagas disponíveis, 31 venâncio-airenses se inscreveram para o curso, durante o processo realizado em dezembro do ano passado. Apenas 24 delas participam dos encontros. Segundo o chefe do departamento de Ensino do campus, Cristian Oliveira da Conceição, o instituto acredita que a baixa adesão esteja relacionada com o período de safra das fumageiras. Nesta época do ano, muitas mulheres de baixa renda trabalham nas empresas de fumo e, por isso, não participam das aulas. “O MEC veio confirmar essa realidade e nos ajudar a pensar em estratégias para buscar essas mulheres e trazê-las para o programa”, comentou. Uma das ideias é abrir o novo período de inscrições após o término da safra das fumageiras, no segundo semestre deste ano.

De acordo com Conceição, os representantes do MEC e da pró-reitoria de Extensão avaliaram de forma positiva o programa. “Eles saíram muito felizes com o trabalho de motivação que realizamos com as alunas”, garantiu. Na segunda-feira (21), ele estará em Pelotas para apresentar o projeto para os outros campi do IFSul. O instituto de Venâncio Aires é a única escola do IFSul a desenvolver o Mulheres Mil. Programa do governo federal, ele tem o intuito de resgatar a consciência dos direitos e elevar a autoestima das mulheres. Também pretende ampliar a escolaridade delas e encaminhá-las ao mercado de trabalho.

Fonte: Assessoria de Imprensa do IFSul

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes