Melhoramento genético e de pastagens para a produção leiteira está entre as propostas do CVT (Foto: Débora Kist/Arquivo FM)

A Prefeitura de Venâncio Aires abriu licitação para a contratação de empresa que vai construir a primeira parte do Centro Vocacional Tecnológico de Produção de Proteína Animal (CVT). Conforme o edital, disponível no site do Município, as empresas interessadas devem enviar as propostas até o dia 4 de novembro.

A vencedora da licitação será responsável pela ‘etapa 1’ do projeto, que deve ser executada em até 120 dias. Conforme informações da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo, essa parte prevê a construção de salas administrativas, banheiros, depósito e três laboratórios – 312 metros quadrados de área construída no antigo espaço da Fundação Ambiental de Venâncio Aires (Favan), em Linha Ponte Queimada.

A maior parte dos recursos – R$ 612.522,82 – , vem do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações. Outros R$ 9.671,19 são de dinheiro do caixa da Administração.

CVT

O CVT será um espaço de cursos e pesquisas que buscam ajudar no desenvolvimento de algumas produções, como leite, gado de corte, aves, suínos, ovinos, peixes e mel. Segundo a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), será o primeiro do estado voltado para esse segmento.

O contrato entre Unisc, Prefeitura e Caixa Econômica Federal foi assinado em dezembro de 2018. Na época, o custo total estimado era de R$ 3 milhões.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome