A Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo da Assembleia Legislativa aprovou a realização de audiência pública para debater sobre a comercialização da safra do tabaco safra 2019/2020. A reunião, agendada para o dia 25 de junho, às 18h, foi confirmada na tarde desta segunda-feira, pela assessoria do deputado estadual e proponente da audiência, Zé Nunes.

Segundo o parlamentar, o objetivo da audiência pública é dar transparência ao processo e oportunidade para todos os elos da cadeia produtiva se pronunciarem. “Especialmente, voz aos agricultores que precisam de justa remuneração pelo produto comercializado”, frisa.

Conforme o deputado, relato de agricultores e entidades dão conta de que a classificação feita pelas empresas tem prejudicado os produtores. “Neste momento da comercialização, veio a decepção e o desânimo.”

Ele observa que o tabaco está presente em milhares de propriedades da agricultura familiar no Rio Grande do Sul, e tem enorme importância econômica e social.  “Nesta safra, os produtores estão decepcionados e preocupados, pois além da estiagem que assolou o estado, as empresas estão pagando um preço que não atende a expectativa dos produtores.”

Leia mais: Ladrões furtam 12 mil mudas de tabaco no interior de Venâncio

1 comentário

  1. É bom mesmo ter um deputado pra ajudar nos agricultores fumicultores. Porque não é facil para cada nova safra o preco dos insumos sempre la em cima e a classificação do fumo feita bem mal pelas empresas aconteceu comigo 4 farfos iguais mesmo fumo duas classes pra acaba fumo igual..

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome