Nesta terça-feira, o Condomínio Avícola de Linha 17 de Junho passa a receber o primeiro lote de pintos. Descarregamento de 275 mil aves ocorre pela manhã.
Oito pavilhões estão aptos e equipados com tecnologia de ponta para receberem seis lotes por ano de pintos (Foto: Alvaro Pegoraro)

Uma vistoria técnica está finalizando os trabalhos no Condomínio Avícola de Linha 17 de Junho, além disso, estão ocorrendo pequenos ajuste e testes. “A obra está praticamente pronta, eu diria uns 98%.” A afirmação é do presidente do condomínio, Lauri Schwendler.

Nesta semana a equipe da Folha do Mate esteve no local e conferiu de perto as vistorias e a finalização dos trabalhos. A expectativa dos técnicos e dos produtores é garantir o aval de finalização das obras até o fim da próxima semana.

Após a entrega da obra, uma equipe ficará responsável pela limpeza dos pavilhões e para colocar maravalha. Após esse serviço, os pavilhões estão aptos a alojarem os pintos. Segundo técnicos da Dália Alimentos, após a entrega da obra, serão necessários em torno de 60 dias para a limpeza e alojamento dos animais.

De acordo do Schwendler, a pandemia do coronavírus afetou o andamento da obra e agora pode atrasar o alojamento. “Já era pra estar funcionando, a gente como associado da cooperativa também se preocupa com toda essa questão. O investimento está aí, agora precisamos trabalhar. Mas a gente espera que essa pandemia dê uma aliviada e que, em junho ou julho, a gente já receba o primeiro lote.”

Na última semana um casal de funcionários já fez a mudança e está trabalhando no local. Serão pelo menos seis pessoas que irão trabalhar no condomínio após a entrega da obra. Além dos ajustes finais, a Prefeitura de Venâncio Aires finalizou melhorias de acesso ao Condomínio Avícola. Além da retirada de material em excesso para uso na própria pavimentação das vias, foram realizados os serviços de patrola, rolo compactador e nivelamento.

Segundo o chefe de Departamento de Máquinas, Veículos e Implementos da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Gilmar Mohr, a Prefeitura finalizou os serviços de acesso e estacionamentos. “Fizemos um grande trabalho, juntamos as equipes da secretaria com as capatazias e demos um acabamento nas vias de acesso ao condomínio. Mais uma passo foi dado e a gente comemora, pois agora uma obra tão importante para o município pode iniciar os trabalhos.”

Saiba mais

  • 8 aviários estão construídos no condomínio;
  • 275 mil é a capacidade de alojamento de aves por lote;
  • 21 é o número de associados, além da própria Dália Alimentos, pois ela também tem uma cota;
  • 11 hectares é a área do empreendimento com oito pavilhões de 155 x 16 metros e, junto a estes, edificações de apoio como casas, escritório e instalação para depósito e sistema de compostagem;
Condomínio está finalizado internamente. (Foto: Alvaro Pegoraro/Folha do Mate)
  • A produção de frangos de corte será para aves de até 45 dias;
  • R$ 7,5 milhões é o total do investimento dos associados;
  • R$ 285 mil é o valor aportado pela municipalidade para a aquisição da área;
  • A obra é denominada como o Núcleo de Produção Avícola, o projeto integra o Programa América Sociedade Avícola da Dália Alimentos, que visa a construção de nove condomínios que irão produzir aves de corte para o frigorífico da cooperativa.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome