Nesta terça-feira, o Condomínio Avícola de Linha 17 de Junho passa a receber o primeiro lote de pintos. Descarregamento de 275 mil aves ocorre pela manhã.
Oito pavilhões estão aptos e equipados com tecnologia de ponta para receberem seis lotes por ano de pintos (Foto: Alvaro Pegoraro)

Nesta terça-feira, 30, o Condomínio Avícola de Linha 17 de Junho passa a receber o primeiro lote de pintos. O descarregamento dos 275 mil animais deve ocorrer desde o início da manhã desta terça-feira. A obra tem oito aviários e são 21 famílias associadas, além da própria Dália. Seis funcionários atuam no local.

A área construída é de 11 hectares, com oito pavilhões de 155 x 16 metros e, junto a estes, edificações de apoio como casas, escritório e instalação para depósito e sistema de compostagem. A produção de frangos de corte será para aves de até 45 dias. A obra é denominada como Núcleo de Produção Avícola e o projeto integra o Programa América Sociedade Avícola da Dália Alimentos, que visa a construção de nove condomínios que irão produzir aves de corte para o frigorífico da cooperativa.

Devido à pandemia da Covid-19 não irá ocorrer nenhum ato de inauguração, apenas o alojamento dos pintos. A Prefeitura de Venâncio Aires e a equipe da Dália Alimentos irão acompanhar o alojamento do primeiro lote. Nesse primeiro momento, os pintos serão trazidos do estado de Santa Catarina. Com a conclusão do matrizeiro em Vale Verde e do incubatório em Mato Leitão, o ciclo de alojamento será microrregional.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome