A exemplo do ano passado, fumicultores serão homenageados pelo seu dia. (Foto - Edemar Etges/ArquivoFM).

Chamar a atenção da sociedade para a importância social e econômica do tabaco para os fumicultores e para o município. É o foco principal da Administração Municipal, via Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, na realização do segundo Encontro Técnico em homenagem aos produtores de tabaco que nesta segunda-feira, 28, comemoraram o seu dia. O evento ocorrerá na próxima sexta-feira, 1º de novembro, na sede da Sociedade de Leitura, Canto e Jovialidade de Linha Andréas.

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, André Kaufmann, com o evento, a municipalidade quer homenagear os fumicultores e celebrar a importância das mais de 4,2 mil famílias de Venâncio Aires dedicadas à produção. “No setor primário do município, o tabaco é o que mais representa em termos de arrecadação e o poder público tem o dever de homenagear os fumicultores”, afirma.

Kaufmann lembra que outras regiões do estado homenageiam os produtores e promovem a abertura da colheita de outras culturas como o arroz, milho, soja, trigo e uva, por exemplo. “Víamos que o tabaco, pelo que representa em exportações e retorno de ICMS, não somente para Venâncio Aires, mas para o Estado e para o Brasil, deveria ter esta visibilidade, até para conseguirmos disseminar um pouco mais a produção, que muitas vezes, é discriminada de uma forma agressiva pelos órgãos ligados à saúde, embora 90% da produção seja exportada.”

O secretário reforça reforça que a municipalidade tem a obrigação de chamar a atenção da sociedade para a importância social e econômica desta cultura. “Por sermos um município com muitos minifúndios, o tabaco é uma cultura que se adapta às pequenas propriedades e proporciona um bom retorno financeiro”, acentua, acrescentando que é uma cultura centenária no município e que vem passando de geração em geração.

“Queremos que os fumicultores se sintam valorizados, pois eles é que serão os homenageados e serão os artistas principais do evento. Nada mais justo a gente conseguir mobilizar esta cadeia produtiva que representa muito para Venâncio Aires”, salienta Kaufmann.

INCENTIVOS

“Como poder público somente temos a agradecer a este setor e cada vez mais incentivar, seja na parte educacional ou na institucional, orientando os produtores com os parceiros, como a Afubra, SindiTabaco, sindicatos e Emater na conscientização”, salienta o secretário municipal.

Kaufmann observa, também, a importância de orientar as famílias a não ficarem reféns somente de uma cultura e trabalhar para manter o jovem no interior. “Incentivamos o produtor a fazer a diversificação, ou seja, junto com o tabaco, ter uma complementação de renda”, salienta.


“Como poder público temos o papel de trabalhar a diversificação e a conscientização do produtor, no plantio, no manejo e em toda a parte social das propriedades rurais.”

ANDRÉ KAUFMANN – Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural


APOIO 

Para organizar o evento, a Administração Municipal conta com o apoio do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), escritório municipal da Emater/RS-Ascar, Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) e Sindicato Rural.

PROGRAMAÇÃO 

  • Sexta-feira – 1º de novembro

13h – Recepção

13h30min – Abertura oficial com pronunciamentos

14h – Palestras

Tema – ´Alternativas agrícolas x saneamento` com Vicente Fin – chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar e engenheiro agrônomo

Tema – ‘Práticas conservacionistas do solo e da água’ – Darci da Silva – assessor técnico do SindiTabaco e engenheiro agrônomo

Tema – ‘Mercado do tabaco’ – Marco Antônio Dornelles – vice-presidente da Afubra

15h30min – Café colonial

  • Sábado – 16 de novembro

19h30min – Culto ecumênico

21h – Início do jantar – valor do cartão R$ 25

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome