Mudas de tabaco nos canteiros e os cuidados com o frio

-

O ditado já diz que ‘para uma boa safra de tabaco, é necessário cuidar das mudas’, ainda mais nesta época, quando os dias mais curtos, a queda de temperaturas ao anoitecer e o amanhecer gelado anunciam a aproximação do inverno.

Nesta fase, em que os fumicultores estão com as mudas de tabaco nos canteiros, cada um no seu ciclo, de acordo com a região da propriedade e o tempo previsto para o transplante, é fundamental observar práticas de manejo que irão proteger as mudas e garantir bons resultados na hora de levá-las para o solo.

Os 27 anos de experiência como orientador agrícola da Alliance One, fizeram com que Luiz Carlos Kunzler, 55 anos, apostasse em diversificar na atividade, com a criação de um banco de mudas em sua propriedade em Linha Estância Nova. Hoje, ele concilia os cuidados com os canteiros e com a lavoura, afinal ele cultiva cerca de 60 mil pés de tabaco.

Com a experiência de produzir mudas há cerca de 15 anos, Kunzler, o orientador agrícola que presta assistência na propriedade, Cristian Alex Bencke, e o supervisor agrícola da Alliance One, Claudionor Turchiello, listam uma série de dicas para os produtores protegerem e cuidarem das mudas de tabaco.

Dicas

  1. Nível da água: verificar frequentemente o nível de água, completando para 10 centímetros de lâmina quando necessário, para evitar o congelamento;
  2. Manter os canteiros bem fechados: o ideal é antecipar o horário de fechamento, antes do sol se pôr, para o sol ainda aquecer as mudas na ‘piscina’;
  3. Se necessário, fazer o uso de uma camada extra de proteção. Existe um tecido específico, o talagarca remeey, que pode ser utilizado abaixo das lonas. As empresas costumam distribuir esse material no pedido, mas os produtores o encontram também nas agropecuárias;
  4. Evitar podas drásticas e podas quando existe a possibilidade de geadas;
  5. Além disso, a orientação também vale para o famoso veranico – quando ocorre um dia de muito calor após dias frios. O produtor precisa estar atento para evitar doenças.
Agricultor dá dicas para cuidar das mudas de tabaco (Foto: Rosana Wessling/Folha do Mate)

Kunzler e aposta em um banco de mudas

Após anos de trabalhos como orientador agrícola, há cerca de 15 anos, Luiz Carlos Kunzler buscou alternativas para diversificar na fumicultura e iniciou com um banco de mudas, na propriedade em Linha Estância Nova. “Naquela época a própria empresa incentivou que os orientadores tivessem essa opção de reserva de mudas. Como eu era orientador, vi essa necessidade nitidamente, e surgiu a oportunidade de fazer essa reserva e ter um banco de mudas”, explica.

A alternativa de Kunzler serve de alento para produtores que perdem o tabaco por temporal, granizo, geada ou doenças, ou para aqueles que plantam tabaco mas realizam outra atividade e não têm tempo de produzir as mudas. “O trabalho do Kunzler é fundamental para o safreiro, o pedreiro ou aquele que não tem o tempo para se dedicar aos cuidados que as mudas no canteiro exigem pois concilia outra atividade”, salienta o supervisor agrícola da Alliance One, Claudionor Turchiello.

O produtor acompanha de perto a tecnologia das sementes que hoje são estudadas em Passo do Sobrado, no Centro Global de Pesquisa, Desenvolvimento e Difusão da Alliance One. “É todo um estudo para ter a semente ideal. São cerca de seis anos”, comenta Turchiello.

Além de variedade prontas para o plantio ou repique, Kunzler cita que percebe uma grande procura por bandejas de mudas adensadas. “No ano passado, vendi duas mil bandejas. Cada uma tem cerca de quatro mil mudas.”

O produtor comercializou cerca de um milhão e meio de mudas prontas para o transplante em 2020 e nove milhões de mudas para repique no mesmo período. “As vendas ocorrem em Venâncio Aires, municípios da região e outras localidades como Anta Gorda, Fontoura Xavier, Segredo, Sobradinho, entre outras”, complementa o produtor rural.

“O Luiz é um dos exemplos de quem acaba diversificando dentro da propriedade com a mesma cultura.”

CLAUDIONOR TURCHIELLO
Supervisor agrícola da Alliance One

LEIA MAIS: Em Passo do Sobrado, Centro da Alliance One é referência mundial em pesquisas agrícolas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes