Nina e Roque batalharam superando as dificuldades e tiveram filhos. Além disso o casal têm três netos (Foto: Rosana Wessling/Folha do Mate)

Incentivado pela filha mais nova, Roque Henrique Müller, 63 anos, decidiu contar a história de superação da família e conquistou a comissão julgadora do concurso ‘Colhendo Histórias’, promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Venâncio Aires, com extensão de base em Mato Leitão, e foi agraciado com o segundo lugar no concurso.

O agricultor, morador do centro da Cidade das Orquídeas, local conhecido carinhosamente por Linha Arroio Bonito, contou a história de superação com a construção da casa. Müller e a esposa Nina Rosa Müller, 59 anos, iniciaram a edificação da casa em 1990. “Construímos ela em etapas. Naquela época a gente juntava um dinheiro e ia comprando os materiais e guardando em um galpão. Nunca me esqueço do dia em que nos roubaram tudo o que a gente tinha para construir. A parte elétrica, janelas, pisos”, recorda.

A cada ano, o dinheiro que sobrava com a safra do milho e aipim era investido em algum item da construção. Outro fato que marcou muito a vida do casal foi um vendaval. “No dia 27 de novembro de 1997, num domingo, veio um temporal tão forte que arrancou tudo, levou telhado e a base tudo embora. Mas nem isso fez com que a gente desistisse”, relembra Müller.

O início da obra foi em 1990, e quatro anos depois o casal se mudou para a casa nova, entretanto ela não estava pronta. “Não tinha janelas e nem portas, a gente usava panos e lençóis nas janelas para não entrar o frio e bichos”, cita o produtor.

Müller se orgulha da história pois foi na luta e persistência que a família conquistou as coisas e criaram os três filhos. O agricultor também frisa que em determinada época foi necessário conciliar duas profissões. “Eu trabalhei 15 anos em um frigorífico de segunda a sexta-feira. Nos finais de semana eu tinha toda a lavoura para cuidar”.

Roque Henrique Müller, de Linha Arroio Bonito, Mato Leitão, recebeu o segundo prêmio do presidente Cláudio Fengler e do diretor Gilmar Oliveira (Foto: Divulgação/STR)

Participação

Estimulado pela filha Bruna, Müller comenta que ele ia relembrando os fatos e ela auxiliava na hora de transcrever para a ficha de participação no concurso, foram quase duas horas escrevendo e resumindo os fatos da vida. “No final deixei uma frase de motivação, e uma saudação pelo nosso dia. Porque o colono passa por cada uma e é preciso ter fé. Tudo isso que aconteceu com a gente fez entender que nunca devemos desistir, temos que superar os obstáculos, depois da tempestade vem o sol.”

Na manhã da última sexta-feira, 24, Müller e a esposa estavam no centro quando receberam uma ligação do filho. “O Fernando estava na lavoura, e no trator tem o rádio, quando ele ouviu que eu tinha sido um dos sorteados logo me ligou avisando. Fiquei contente, não esperava.” Como prêmio, Müller recebeu R$ 400 e um vale compras no valor de R$ 200.

Ganhadores da promoção

  • 1º Lugar: Nelli Bohn – Linha Brasil, Picada Bohn, Venâncio Aires

  • 2º Lugar: Roque Henrique Müller – centro, Mato Leitão

  • 3º Lugar: Neli Schlosser de Linha Grão-Pará, Venâncio Aires.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome