Conclusão das obras de drenagem dos primeiros dois quilômetros da obra viabilizará a aplicação da primeira camada de pavimento (Foto: Cristiano Wildner)

Já a partir da próxima semana, a obra de pavimentação de Linha Sapé, no interior de Venâncio Aires, estará apta a entrar em uma nova fase. As ações de drenagem, em especial a edificação de galerias pluviais para escoar a água da chuva, nos primeiros dois quilômetros, estão concluídas. A partir disso, a empresa responsável pelo asfaltamento passa agora a compactar o solo para, na sequência, aplicar a primeira camada de pavimento.

A secretária municipal de Planejamento e Urbanismo, Jalila Stahl Böhm Heinemann, lembra que desde maio de 2018 o asfaltamento de Linha Sape é motivo de muito empenho na Prefeitura de Venâncio Aires. “Não foram medidos esforços para que essa obra começasse. Foram muitos setores envolvidos”, destacou ela.

LEIA MAIS: Vereador apresenta alternativa ao projeto das paradas

Jalila ainda acrescentou que a intenção é ver a obra logo concluída. “Agradecemos a todos que partilham do mesmo empenho e pedimos paciência da comunidade local. O tempo nem sempre é favorável, mas as obras de drenagem, que nem sempre aparecem, são igualmente importantes para a garantia de um bom e duradouro asfalto”, disse.

ESPERANÇA

Casal Wollmann está otimista com a obra (Foto: Cristiano Wildner)

O casal Adelira e Elemar Wollmann, que há quase seis décadas reside em Linha Sapé, destaca que a obra é aguardada com grande expectativa. “Os dias de muita chuva atrasaram os trabalhos da empresa responsável pela obra. Mas estamos confiantes que em pouco tempo ela estará concluída”, declarou Adelira.

A OBRA

O trecho é o último do chamado PAC dos Frigoríficos que ainda não recebeu obras de pavimentação. Devido às obras, ao longo de dois quilômetros, a circulação de veículos, está mais restrita.

A obra é executada pela Avantte Engenharia e está orçada em quase R$ 7 milhões. No total serão asfaltados 5,8 quilômetros entre a ERS-422 e o frigorífico Sapé. Do valor total, R$ 4,2 milhões são de recursos estaduais, por meio de convênio com o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome