Segundo pesquisa, homens que praticam esportes conseguem evitar problemas como a ejaculação precoce. Acompanhe o texto e saiba tudo o que você precisa sobre como a atividade física pode ajudar a vida sexual masculina.

Os médicos sempre dizem que a prática de exercícios físicos faz bem para a saúde. Mas você sabia que a atividade física pode ajudar a vida sexual masculina? De acordo com um estudo publicado no Urology Journal, os resultados do esporte são bastante interessantes aos homens. Veja a seguir.

Como a atividade física pode ajudar a vida sexual masculina?

Para começar, os indivíduos que praticam esportes costumam ter experiências sexuais, em média, cinco minutos mais longas do que homens sedentários. Além disso, a ejaculação precoce é bem menos comum em praticantes de atividades físicas.

De acordo com o site Médico Online, a ejaculação precoce é um problema que atinge, mais ou menos, 33% dos homens em idade sexual. Ela consiste em um orgasmo muito rápido do homem, o que costuma prejudicar sua experiência sexual. Situações de estresse e inexperiência podem levar a esse tipo de ocorrência. Se frequente, porém, esse incômodo pode ser sinal de problemas na saúde.

Quando a ejaculação precoce é resultado de algo mais simples, a prática física pode preveni-la. O estudo mostrou que homens que praticam atividades por, pelo menos, 40 minutos diários, têm resultados sexuais melhores.

Outra pesquisa, dessa vez realizada pelo New England Research Institutes, já tinha indicado outro dado importante. Segundo ela, o risco de disfunção erétil é 70% menor em indivíduos que praticam esportes. A disfunção erétil é a incapacidade de manter a ereção rígida para uma experiência sexual satisfatória.

Quais exercícios físicos são indicados para os homens?

Uma série de exercícios é indicada para o bem-estar do homem e o cuidado com a vida sexual masculina. Para especialistas, alguns esportes podem não só prevenir problemas, como também melhorar a performance sexual do indivíduo.

Um dos primeiros exercícios sugeridos é o ciclismo ou então a caminhada. Com esse tipo de atividade, o homem melhora sua resistência e fortalece as pernas. Esses efeitos são interessantes para a prática sexual mais longa e satisfatória.

Outra atividade indicada por especialistas é o levantamento de peso. Mais do que trabalhar a força, esse tipo de esporte melhora a estabilidade, equilíbrio e resistência da região pélvica.

Segundo alguns estudos, atividades desse tipo ainda conseguem aumentar a produção de testosterona no homem. Para a Endocrine Society dos Estados Unidos, esse aumento da testosterona tem ótimo efeito na libido masculina, o que é um ponto-chave para a performance do homem durante a relação sexual.

Outras práticas físicas ideais para a vida sexual masculina

É sempre possível praticar atividades mais “leves”, como o Yoga. A técnica usa o peso do corpo do próprio praticante para os movimentos e esforços. As posições que trabalham a postura e os músculos pélvicos podem melhorar a força e ajudar na circulação sanguínea da região. A circulação sanguínea é essencial para evitar problemas como a disfunção erétil, já que é o acúmulo de sangue no pênis que sustenta uma ereção.

Vale também dizer que exercícios que levam à perda de peso são sempre interessantes. Desde, é claro, que o homem se mantenha em seu peso ideal. Uma pesquisa com alguns homens obesos, por exemplo, percebeu desempenho sexual melhor daqueles que perderam, pelo menos, 10% do seu peso.

Apesar de todos estes benefícios, é essencial não exagerar nos esportes. O sexo também é considerado uma atividade física. Se o homem exagera no esporte, à quase exaustão, pode não ter disposição suficiente para manter uma relação sexual satisfatória com sua parceira ou parceiro.

Pronto! Agora você já sabe como a atividade física pode ajudar a vida sexual masculina. Na dúvida sobre sua saúde sexual, vale a pena buscar um médico. O especialista poderá avaliar seu organismo e indicar soluções que irão além da prática de esportes. Isso é essencial, principalmente, quando os motivos para a disfunção ou ejaculação precoce são doenças e desordens no corpo masculino.

Atualmente, para quebrar o medo e o tabu, você pode fazer uma consulta virtual, pois a telemedicina no Brasil foi aprovada, então não há mais desculpas para não se cuidar.

Fonte: Deles.ig

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome