Cisvale e Unisc firmam parceria para identificar variantes da Covid-19 na região

-

O Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo e a Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul, mantenedora da Universidade de Santa Cruz do Sul, assinaram nesta sexta-feira, 11, acordo de cooperação para a identificação de variantes genéticas do vírus SARS-CoV-2 nos 17 municípios de abrangência do Consórcio. O ato contou com a participação de prefeitos, representantes de entidades, de empresas e da imprensa.

Os exames laboratoriais para identificação das variantes genéticas serão realizados no Laboratório de Diagnóstico Molecular do TecnoUnisc. Serão um total de 150 amostras analisadas, sob a coordenação do professor doutor Marcelo Carneiro, do Programa de Pós-Graduação em Promoção da Saúde da Unisc.

Os resultados deste estudo visam ampliar o reconhecimento de possíveis fontes transmissoras e situações de risco passíveis de serem bloqueadas para diminuir a circulação do vírus e o risco de colapso do sistema de saúde regional.

“Essa pesquisa vai nos proporcionar um conhecimento muito mais adequado e fidedigno da pandemia, se as variantes predominantes aqui são as mesmas de outras regiões, ou se existem inclusive algumas ainda não detectadas. Lembrando que o primeiro caso da Ômicron no Brasil foi de uma paciente de Santa Cruz do Sul”, afirmou o professor e médico infectologista Marcelo Carneiro, também integrante do Comitê Técnico da R-28 e assessor da Amvarp.

Além do acordo de cooperação entre Apesc e Cisvale, o estudo tem o fundamental apoio financeiro da Philip Morris Brasil e os apoios institucionais da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo e da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde.

“Estamos há 48 anos em Santa Cruz do Sul, ou seja, a Philip Morris se considera uma cidadã santa-cruzense, nossa raiz é motivo de orgulho, procuramos nos desenvolver e crescer junto da comunidade. Esse evento só reforça a nossa meta e objetivo de apoiar sempre a população do Vale do Rio Pardo. Só com ciência e tecnologia conseguimos ter políticas públicas adequadas”, disse o gerente de logística da Philip Morris Brasil, Felipe Teloeken.

Esta é a segunda vez que estas entidades públicas e a iniciativa privada se unem em benefício da população do Vale do Rio Pardo. Entre 2020 e 2021, uma parceria entre Cisvale, Apesc, Unisc, Amvarp, 13ª Coordenadoria de Saúde e Philip Morris Brasil, viabilizou uma pesquisa de soroprevalência do coronavírus no Vale do Rio Pardo. Em quatro etapas, foram aplicados testes rápidos em parte da população, o que permitiu aos gestores municipais uma melhor tomada de decisões em relação à pandemia.

“Tanto o projeto anterior como esse que assinamos hoje é a demonstração prática do que chamamos de tríplice hélice – poder público, iniciativa privada e a universidade, com a ciência, unidos pelo bem da comunidade. E também demonstram a nossa competência e de como temos excelentes pesquisadores para ajudar a resolver problemas da sociedade”, afirmou o reitor da Unisc, Rafael Henn, presente no ato junto com a presidente da Apesc, Carmen Lúcia de Lima Helfer.

Assinando uma das suas primeiras iniciativas como presidente do Consórcio, o prefeito de Rio Pardo, Edivilson Brum, destacou o apoio de todos os envolvidos para que o estudo se tornasse uma realidade na região.

“O apoio técnico, científico e acadêmico da Unisc, alinhado com este incentivo financeiro da Philip Morris, cria uma sinergia fundamental na área da Saúde e facilita o trabalho dos gestores na hora da tomada de decisões para o enfrentamento da pandemia. É muito importante que a gente conheça o cenário e as tendências para elaborar as estratégias e seguir com as flexibilizações na economia”, afirmou o prefeito.

Foto de Helena Hermany é inaugurada na galeria dos presidentes do Cisvale

Na semana em que celebramos a luta das mulheres por mais protagonismo em todos os setores da sociedade, e em que lembramos da importância de avançarmos ainda mais nesta pauta, o Cisvale prestou uma homenagem à prefeita de Santa Cruz do Sul, Helena Hermany. Responsável pela gestão do Consórcio no último ano de 2021, ela teve sua foto inaugurada na galeria de presidentes.

Única presidente da história de 16 anos do Cisvale, Helena ficará marcada pela aprovação do Centro Regional em Autismo, que deve entrar em atividade neste ano. Sua gestão também foi responsável pela retomada dos mutirões de atendimentos médicos e procedimentos ambulatoriais.

“Foi um trabalho em conjunto. Foi com a preocupação de cada um, a opinião e sensibilidade de todos os prefeitos, da universidade, entidades e da comunidade, que conseguimos passar por este ano e ter diversas conquistas na gestão. Agradeço ao fundamental apoio da equipe do Cisvale”.

Além da homenagem para Helena, o presidente do Cisvale, Edivilson Brum, e prefeitos dos municípios integrantes do Consórcio também entregaram flores para secretárias de Saúde e servidoras mulheres que estavam presentes no ato desta sexta.

Fonte: AI Cisvale

LEIA MAIS:

notícias saúde Folha do Mate
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes