Toda terça-feira, integrantes do Maturidade Ativa trocam experiências, praticam atividades e acompanham palestras. (Foto: Taiane Kussler/ Folha do Mate)

Qualidade de vida também está relacionada à prática de ações que trazem prazer e bem-estar. Neste caso, não basta manter o corpo em movimento, mas, também, deixar a mente e reforçar o convívio social. Dar um sorriso, um abraço, praticar ações sociais, interagir com outras pessoas e fazer novas amizades ajudam a construir longevidade.

Aulas de canto estão entre as atividades preferidas de Sidônia. (Foto: Taiane Kussler/ Folha do Mate)

Sidônia Gollmann, 64 anos, entrou no grupo Maturidade Ativa, do Sesc, após a aposentadoria. “Sempre tive o hábito de praticar exercícios, mas eu precisava conviver mais com outras pessoas, sair de casa e fazer novas amizades”, conta.

A convite de uma amiga que já integrava o grupo, Sidônia também convenceu a irmã, Silecia Gollmann, a participar das atividades. “Conheci pessoas novas e o mais interessante de tudo isso é a amizade que se mantém. De vez em quando realizamos encontros com algumas das integrantes.”

Ernesta mantém uma rotina de atividades físicas e ações sociais. (Foto: Taiane Kussler/ Folha do Mate)

Há mais de 10 anos no Maturidade Ativa, Sidônia salienta que, de todas as ações, a que mais gosta são as aulas de canto. “Realizamos apresentações em datas comemorativas e participamos toda a semana de ensaios, isso é muito importante para manter a mente ativa. Participo dos encontros semanais para não enferrujar a cabeça, não dá para ficar parada”, afirma, entre risos.

Ernesta Frantz, 84 anos, também faz parte do grupo e mantém uma vida ativa. “Caminho das 7h às 8h todos os dias, faço hidroginástica e alongamentos. Após ter sofrido um problema de articulação no ombro, ela pratica exercícios de baixa intensidade.

Além das atividades físicas, faz questão de participar de encontros, viagens e reuniões da Maturidade Ativa, além de atuar voluntariamente em grupos como o das Damas da Caridade, da Paróquia São Sebastião Mártir. “Me mantenho ativa para não perder o ritmo.”

MATURIDADE ATIVA

O programa Sesc Maturidade Ativa oferece oficinas focadas no envelhecimento ativo, entre elas, câmbio (vôlei adaptado), orientação postural, ritmos e ginástica em movimento. Todas as terças-feiras, os integrantes se reúnem para participar de palestras, trocar experiências e interagir. Interessados podem ir até a unidade do Sesc, preencher um questionário e pagar uma mensalidade de R$ 20 para participar das atividades. Atualmente, 58 pessoas integram o programa Sesc Maturidade Ativa. O grupo é formado por homens e mulheres a partir dos 50 anos.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome