Gustavo Eidt é cirurgião-dentista e cursa doutorado em Odontologia na UFRGS (Foto: Cassiane Rodrigues/Folha do Mate)

Embora os cuidados com a higiene sejam essenciais e indispensáveis, a saúde bucal é resultado de fatores que vão muito além disso. O cirurgião-dentista Gustavo Eidt, que atualmente cursa doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), explica que muitas doenças odontológicas estão diretamente ligadas à alimentação inadequada.

O profissional destaca que ingerir uma quantidade excessiva de alimentos industrializados, por exemplo, pode acarretar problemas como a cárie, uma doença sem cura. “Existe um mito de que a higiene pode evitar a cárie, mas eu diria que é uma série de fatores que influenciam para evitar e o principal deles é uma dieta adequada”, afirma.

Eidt ressalta que a cárie pode gerar muitos problemas que podem levar à perda do dente, o que prejudica a questão estética, fonética e mastigatória. “Não existe cura, pois é um processo que faz parte da fisiologia. A cárie é um desequilíbrio da fisiologia, processo de perda e ganho de mineral”, enfatiza. O cirurgião-dentista destaca que é essencial que a atenção com a saúde oral comece antes mesmo do nascimento, com atenção à gestante.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome