Aparelho avalia as mudanças de comportamento durante o sono, possibilitando que exame ocorra na casa do paciente. (Foto: Divulgação)
Aparelho avalia as mudanças de comportamento durante o sono, possibilitando que exame ocorra na casa do paciente. (Foto: Divulgação)

A rotina agitada e os demais fatores os quais as pessoas estão expostas podem interferir na qualidade do sono. As noites mal dormidas em decorrência das preocupações e dos compromissos diários podem causar distúrbios no sono e impactar diretamente a produtividade no trabalho.

Apneia do sono, roncos, pernas inquietas, bruxismo, insônia, sonambulismo, sonolência excessiva e terror noturno são os distúrbios do sono mais comuns. Além disso, o sono insuficiente e o atraso de fase de sono também estão no topo da lista.

Para combater estes problemas, procedimentos indolores e não invasivos vem sendo adotados para diagnosticar esses distúrbios, para proporcionar uma melhor qualidade de vida. Tendo como responsável técnico o médico otorrinolaringologista e pós-graduado em Medicina do Sono, Renato Girardi Fragomeni, de Venâncio Aires, a Diagsono – Diagnóstico do Sono atende toda a região dos vales do Taquari, Rio Pardo e Caí, com exames de diagnóstico do sono.

Polissonografia

A polissonografia domiciliar é um dos exames oferecidos pela Diags00ono. Ela é realizada no conforto e segurança de casa por um técnico qualificado, sem apresentar qualquer risco. O processo é o mesmo das clínicas presenciais, pois avalia fluxo aéreo (oral e nasal), esforço respiratório (torácico e abdominal), oximetria (nível de oxigênio no sangue), eletroencefalograma (ondas cerebrais), eletrooculograma (movimento dos olhos), eletromiograma (movimentos musculares), eletrocardiograma (frequência cardíaca) e registro do ronco.

O exame é realizado por uma equipe técnica e médica apta a diagnosticar a existência de distúrbios do sono, por meio de tecnologias polissonográficas de última geração. Recentemente, foi adquirido o Biologix, que é lançamento. A polissonografia do tipo 4 é considerada um exame mais compacto e acessível. Neste caso, são avaliadas quatro variáveis fisiológicas: a frequência cardíaca, saturação do oxigênio, ronco e movimento.
De acordo com o otorrinolaringologista Renato Fragomeni, o Biologix é realizado para uma triagem e monitoramento de ronco e apneia antes de solicitar um exame mais complexo. Mais informações sobre o exame de polissonografia domiciliar estão disponíveis no site, Instagram e Facebook da Diagsono.

Dicas para manter uma noite de sono

– Não coma muito e evite cafeína, nicotina e álcool pelo menos quatro horas antes de ir para a cama.

– Café, chocolate, chá verde, chimarrão, guaraná ou bebidas energéticas são alguns alimentos energéticos e estimulantes também devem ser evitados

– Evite carnes vermelhas e alimentos condimentados (não coma refeições pesadas à noite)

– Prefira legumes, pães brancos, massas, peixes, e produtos lácteos.

– Beba chás de limão, camomila, flor de laranjeira, e passiflora que são eficazes contra o estresse.

– Mantenha um ritmo de sono, ou seja, vá para a cama na mesma hora todas as noites e tente manter essa rotina nos fins de semana.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome