No atendimento dos profissionais estão incluídos, por exemplo, baixas de crianças e partos pelo SUS (Foto: Alvaro Pegoraro/Folha do Mate)

O Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) já está em tratativas para fechar um novo contrato com médicos pediatras para o atendimento via Sistema Único de Saúde (SUS). A informação é do administrador do hospital, Fernando Branco.

Segundo ele, a expectativa é de que tudo esteja resolvido até a próxima semana, mas, enquanto não ocorre a oficialização, ele garante que não haverá problema no atendimento. “A população pode ficar tranquila, porque foram chamados pediatras, desde o fim de semana, para se dividir nas escalas. Conseguimos um grupo médico, com a articulação do doutor Guilherme Fürst Neto [responsável pelo corpo clínico] e o atendimento está garantido.”

Nesse atendimento estão incluídos, por exemplo, baixas de crianças e partos pelo SUS. O médico Guilherme Fürst destacou o trabalho da equipe administrativa. “Seguimos em contato e os pediatras estão trabalhando normalmente.”

Esses dias de atendimento ‘tampão’ são necessários devido a um problema recente com uma empresa de Santa Cruz do Sul, com a qual iniciaria o serviço terceirizado na última quinta-feira, 1º. “Não cumpriram com o combinado, que era mandar os profissionais. E para não ter mais problema, chegamos a um acordo de que assim não seria bom nem para eles, nem para o hospital”, informou Fernando Branco.

Ainda conforme ele, cerca de 30 dias antes, outro contrato, dessa vez com uma empresa de Porto Alegre que fornecia o serviço há cerca de dois anos, foi encerrado porque “não estava a contento”. “O serviço não era bom e o preço caro.” De acordo com o administrador do HSSM, o custo mensal chega a R$ 150 mil.

LEIA MAIS:

Recuperação financeira do HSSM prevê demissões e venda de imóvel

Atendimentos na UPA aumentam com pacientes do hospital

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome