(Foto: Alvaro Pegoraro/Folha do Mate)

Passados dois meses de uma verdadeira maratona pelos corredores e gabinetes parlamentares em Brasília, atrás de emendas para ajudar o Hospital São Sebastião Mártir (HSSM), as últimas semanas também têm sido de contatos feitos pelas lideranças locais.

Convocados pelo prefeito Giovane Wickert, vereadores e principalmente os líderes de partidos de Venâncio Aires buscaram intermediar diretamente com aqueles deputados e senadores de suas respectivas siglas que ‘ficaram de pensar’ em possíveis indicações.

A pressa é porque na próxima terça-feira, 4, encerra o prazo para os parlamentares definirem o destino dos recursos das emendas individuais. “Será fundamental um retorno positivo, porque se não fossem as emendas, estaríamos correndo o risco de paralisar serviços”, destacou o prefeito. A referência dele é sobre o pagamento recente de honorários médicos e 13º salário de funcionários em atraso e que foi garantido, a maior parte, com dinheiro de emendas.

SINALIZAÇÃO

Conforme Wickert, confirmado oficialmente há R$ 500 mil do deputado Heitor Schuch (PSB). Além disso, nove parlamentares já sinalizaram positivamente, inclusive com valores, mas ainda não enviaram os respectivos ofícios. Somadas, estas indicações chegam a R$ 1,9 milhão.

No entanto, o prefeito acredita que, caso haja retorno positivo dos demais políticos que se interessaram ou ficaram de analisar, as emendas poderiam render mais de R$ 3,5 milhões.

Sinalizaram com valores

  • R$ 500 mil – Deputado Heitor Schuch (PSB) – confirmado oficial
  • R$ 500 mil – Deputado Marcelo Moraes (PTB)
  • R$ 200 mil – Deputado Giovani Cherini (PL)
  • R$ 200 mil – Deputado Bibo Nunes (PSL)
  • R$ 150 mil – Deputado Maurício Dziedricki (PTB)
  • R$ 150 mil – Deputada Maria do Rosário (PT)
  • R$ 150 mil – Deputado Elvino Bohn Gass (PT)
  • R$ 300 mil – Senador Lasier Martins (Podemos)
  • R$ 100 mil – Deputado Pompeo de Mattos (PDT)
  • R$ 200 mil – Deputado Nereu Crispim (PSL)

Interessados ou analisando valores

  • Deputado Afonso Motta (PDT)
  • Deputado Marlon Santos (PDT)
  • Deputado Pedro Westphalen (Progressistas)
  • Deputado Jerônimo Goergen (Progressistas)
  • Deputado Afonso Hamm (Progressistas)
  • Deputado Lucas Redecker (PSDB)
  • Deputado Daniel da TV (PSDB)
  • Deputado Alceu Moreira (MDB)
  • Deputado Giovani Feltes (MDB)
  • Deputado Carlos Gomes (Republicanos)
  • Deputado Danrlei de Deus Hinterholz (PSD)
  • Deputada Liziane Bayer (PSB)
  • Deputado Paulo Pimenta (PT)
  • Deputado Henrique Fontana (PT)
  • Deputado Dionilso Marcon (PT)
  • Senador Paulo Paim (PT)

CONTATOS

PSD – Segundo o vereador Nelsoir Battisti e presidente do PSD local, o deputado Danrlei, via assessoria, confirmou que fará a indicação até a próxima semana. Falta definir o valor.

Progressistas – O presidente, Ailto Melo, informou que ainda aguarda resposta positiva do senador Heinze, que sinalizou com um valor. Disse ainda que estará em contato com os deputados Pedro Westphalen, Jerônimo Goergen e Afonso Hamm.

MDB – Paulo Mathias Ferreira, presidente do MDB, destacou que já pediu aos deputados Alceu Moreira e Giovani Feltes para incluir o hospital nos seus orçamentos.

Republicanos – Líder local, Benildo Soares relatou que já houve contato com o deputado Carlos Gomes, o qual ficou de analisar. Se vier, será via emenda de bancada.

PSL – A presidente Claidir Kerkhoff informou ao prefeito Giovane Wickert que o deputado Nereu Crespim confirmou a intenção de encaminhar R$ 200 mil.

PTB – O vice-prefeito e presidente do partido, Celso Krämer, informou que as emendas já sinalizadas por Marcelo Moraes e Maurício Dziedricki “estão ok” e que ambos, inclusive, devem estar em Venâncio nos próximos dias para oficializar as indicações.

PSB – Sendo de seu partido, o próprio prefeito Giovane Wickert diz houve o contato com a assessoria da deputada Liziane Bayer e ainda não recebeu resposta.

PDT – De acordo com informações do vereador Tiago Quintana, que trata diretamente do assunto, os deputados Pompeo de Mattos (R$ 100 mil) e Afonso Motta (ainda sem definição de valor), ficaram de encaminhar ofícios confirmando as emendas na próxima segunda, 3. A assessoria de Marlon Santos ainda não deu resposta. Quintana também relatou que o deputado Marcel Van Hattem (Novo) abriu uma seleção de municípios interessados em receber emendas e por isso informou à direção do hospital para cadastrar a casa de saúde.

PT – Com diversos deputados visitados, até o momento houve confirmação, com valores, da deputada Maria do Rosário e do deputado Elvino Bohn Gass, ambos com R$ 150 mil cada. A informação é do presidente do PT local, Cesar Schumacher.

PSDB – O presidente do PSDB, Vinícius Medeiros, destacou que já houve contatos e a questão será novamente reforçada nos próximos dias, seja na busca de emendas individuais ou de bancada.

PL – O vereador Eduardo Kappel, para quem o prefeito também enviou pedido de apoio para reforçar a intermediação, não atendeu às ligações da reportagem.

RELEMBRE

O primeiro contato com deputados e senadores aconteceu pessoalmente, no fim de novembro, em Brasília. Na época, viajaram o prefeito Giovane Wickert, o presidente do HSSM, Luciano Spies, e o secretário de Saúde, Ramon Schwengber. O objetivo foi sensibilizar políticos a destinar parte de suas emendas para ajudar o hospital, o qual passa por uma crise financeira.

Hospital receberá incremento para serviços de qualificação

Referência regional em diversos serviços, o Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) receberá, em 2020, mais de R$ 4,8 milhões do Governo do Estado.

A informação é da delegada adjunta da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde, Aline Cristiane de Lima. Segundo ela, serão R$ 400.647,50 depositados mês a mês, até dezembro, para qualificar os atendimentos já realizados. “Virá para consultas e cirurgias de traumatologia, atendimentos ambulatoriais de leitos de UTI e para leitos de saúde mental. Por ser referência regional, o recurso é para qualificar o que já vem sendo feito”, destacou.

Além do HSSM, Aline informou que outras instituições na região também serão beneficiadas com recursos estaduais: Hospital Candelária (R$ 244.550), Hospital Sinimbu (R$ 35mil), Hospital Santa Cruz (R$ 394.529,36), Hospital Monte Alverne (R$ 48.500) e Hospital Ana Nery (R$ 31.341,33).

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome