Medidas da bandeira são mantidas até a próxima sexta-feira, 28. Com isso, comércio e Indústria não serão atingidos. (Foto: Juliana Bencke/ Folha do Mate)
Medidas da bandeira são mantidas até a próxima sexta-feira, 28. Com isso, comércio e Indústria não serão atingidos. (Foto: Juliana Bencke/ Folha do Mate)

A região de Santa Cruz do Sul (R28), da qual Venâncio Aires faz parte, teve o plano estruturado de prevenção e enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (cogestão) aprovado. A decisão foi anunciada na tarde desta quarta-feira, 26, pelo Governo do Estado.

A partir desta medida, a região tem autonomia para manter os protocolos da bandeira laranja (risco médio) em relação ao Distanciamento Controlado. A medida é válida até a próxima sexta-feira, 28. De acordo com o prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert, com modelo da cogestão, o município mantém os mesmos protocolos com os quais vinha atuando, referentes à bandeira laranja.

“O Estado mantém a região em bandeira vermelha e o plano de cogestão reconhece para os protocolos da bandeira laranja com anuência do Estado”, destaca o prefeito, salientando que tudo vai permanecer como está, já que o Município já vinha adotando os protocolos da bandeira laranja.

Como o Plano de Cogestão foi aprovado, a tendência é seguir o protocolo de risco médio. “Se voltar a ficar vermelho, o Município terá autonomia para reverter o quadro e manter os protocolos da bandeira laranja”, explica.

Segundo o prefeito, a aprovação do Plano de Cogestão é uma conquista para o Município e vem ao encontro de que não é a atividade produtiva, da indústria e comércio, a disseminadora do vírus, mas, sim, a vida social, que parte da aglomeração de pessoas, sem utilização de máscaras e os cuidados com higiene.

Wickert argumenta que o Município não tomou a mesma decisão de Santa Cruz do Sul, que adaptou decreto para a bandeira vermelha por apenas dois dias. “Isso a gente evitou em Venâncio, pois quando os protocolos são alterados por poucos dias, prejudicam a credibilidade do processo. Neste quadro, tivemos prudência para não fazer toda uma readequação da área produtiva econômica, assim como a cidade vizinha”, afirma.

“A média de óbitos por Covid-19 da região gira em torno de 1/3 da média do Estado. Isso foi visto nos protocolos, assim como os leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que não estão saturados. Tudo isso constou no recurso e no modelo da cogestão.”

GIOVANE WICKERT

Prefeito

Entenda a medida

O plano de cogestão foi encaminhado ao Estado depois de a região ter sido classificada com bandeira vermelha (risco alto de contágio do coronavírus) na segunda-feira, 24, no modelo de Distanciamento Controlado.

Os municípios que adotarão os protocolos regionais são Venâncio Aires, Mato Leitão, Passo do Sobrado, Vale Verde, Santa Cruz do Sul, Candelária, Gramado Xavier, Herveiras, Pantano Grande, Rio Pardo, Sinimbu, Vale do Sol e Vera Cruz.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome