Os municípios de todo o país realizam neste sábado, 26, o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Em Venâncio Aires, a mobilização pela prevenção contra a gripe atingirá os postos de saúde da cidade e do interior, que terão atendimento especial para imunizar os grupos de risco apontados pelo Ministério da Saúde como prioritários para receber a aplicação das vacinas. Os grupos abrangem crianças entre seis meses e cinco anos incompletos de idade, idosos (a partir de 60 anos), doentes crônicos, profissionais da saúde, gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz a menos de 45 dias), num total de 22.711 pessoas no município.

Para garantir que os inclusos nos grupos de risco tenham uma oportunidade especial de receber a imunização, a Secretaria Municipal de Saúde realizará atendimento especial neste sábado. Na cidade, haverá atendimento entre 8h e 17h, sem fechar ao meio-dia, em todas as unidades básicas de saúde. A única exceção fica por conta do Posto de Atendimento Médico (PAM) junto ao INSS, que não dispõe de sala de vacina. Já no interior, as unidades de saúde atenderão das 8h às 12h. Haverá um ponto de vacinação especial no bairro Cidade Nova, durante os atos de inauguração das obras do PAC, das 9h às 12h. No Dia D, a vacina estará disponível em todos os postos para todos os grupos prioritários.

Conforme a coordenadora do Setor de Imunizações da Secretaria Municipal da Saúde, Aline Royer Iser, a meta é vacinar 80% das pessoas inclusas em cada grupo de risco. Até o momento, 2.015 aplicações de vacina já foram contabilizadas. “é recomendável que a vacina seja feita o mais rápido possível, pois ela leva de duas a três semana para agir no organismo, garantindo a prevenção do paciente por um ano”, diz a enfermeira. “A ação da Influenza no organismo pode causar complicações graves ou mesmo a morte. Dentro dos grupos prioritários, o risco de complicações é maior em crianças, doentes crônicos, gestantes e idosos”, ressalta.

Além do Dia D, os incluídos nos grupos prioritários podem receber a vacina em toda a rede unidades de saúde do município até o próximo dia 9 de maio. No Posto de Saúde Central, a vacinação é exclusiva para crianças, gestantes e puérperas. Já idosos e doentes crônicos possuem posto especial na Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social, diariamente, entre 8h e 16h. As pessoas com mais de 60 anos que não possuem condições físicas de se locomover podem agendar vacina a domicílio com a pasta, através do telefone 3983-1143.

Prevenção contra o H1N1

Segundo a enfermeira Aline Iser, a vacina aplicada nos grupos de risco previne contra os vírus Influenza A e B, o que inclui o subtipo H1N1, causador daquela que ficou popularmente conhecida como Gripe A. Neste ano, quatro casos de contaminação com H1N1 foram registrados em Venâncio Aires. Todos ocorreram em uma mesma família, contraiu a doença durante viagem a outro Estado. Estas pessoas, no entanto, foram submetidas a tratamento e estão fora de risco. No entanto, Aline destaca que o caso serve de alerta para reforçar a importância da prevenção. Conforme dados do Setor de Imunizações, houve 17 casos de pessoas acometidas pelos subtipos virais H1N1 e H3N2 ao longo do último ano no município, com duas mortes sendo registradas.

Número de inclusos em cada grupo de risco:

Puérperas: 90

Gestantes: 548

Profissionais da saúde: 1.234

Crianças de seis meses a cinco anos de vida incompletos: 3.194

Doentes crônicos: 8.136

Idosos: 9.509