Toque de recolher será feito por sirenes das empresas às 22h (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Os vereadores de Mato Leitão aprovaram projeto de lei do Executivo Municipal que autoriza contratação de agente de combate a endemias. O profissional cumprirá uma jornada de 40 horas semanais para complementar a equipe da Vigilância Ambiental. A aprovação se deu na sessão de terça-feira, 4.

Este profissional será um reforço no combate ao mosquito transmissor da dengue, já que foram encontradas as primeiras larvas do inseto em Mato Leitão. Como critério de seleção para a escolha do profissional será adotada a classificação obtida em processo simplificado a ser realizado pela Prefeitura.

A remuneração mensal será de R$ 1,4 mil. A contratação emergencial se dará pelo prazo inicial de 12 meses, mas pode ser prorrogada por igual período, caso persista a necessidade. O contrato pode ser rescindido de forma antecipada, à critério da Administração.

A contratação atende recomendação do Ministério da Saúde e é fundamentada pela necessidade de haver um trabalho aprofundado junto às residências da área urbana, principalmente para minimizar os focos do mosquito, informou o prefeito Carlos Bohn (PSDB), em sua mensagem justificativa ao projeto.

900 imóveis

Por meio do Programa Nacional de Controle da Dengue foi estipulado que o município considerado infestado deverá possuir um agente a cada 800 imóveis. No caso de Mato Leitão, que tem pouco mais de 900 imóveis urbanos, o profissional a ser contratado precisará fazer cerca de 25 coletas diárias. As informações precisarão ser remetidas para a 13ª Coordenadoria Regional de Saúde toda a semana.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome