Rio Grande do Sul volta a ter região com bandeira preta, segundo mapa preliminar

-

O primeiro mapa preliminar do Distanciamento Controlado de 2021 traz, novamente, a classificação de risco altíssimo ao Rio Grande do Sul. No mapa desta 35ª rodada, publicado nesta sexta-feira, 1º, a região Covid de Bagé retorna à bandeira preta, depois de duas rodadas em bandeiras mais leves (vermelha e laranja, respectivamente).

A situação do Estado perante o coronavírus ainda requer muita atenção. São 13 as regiões em bandeira vermelha. A região 28, a qual pertence o município de Venâncio Aires, a bandeira se manteve vermelha, com risco epidemiológico alto, conforme divulgado no Mapa Preliminar de Distanciamento Controlado.

Em bandeira laranja, que representa risco médio, estão sete regiões – Santa Maria, Uruguaiana, Taquara, Novo Hamburgo, Guaíba, Cruz Alta e Erechim. As duas que não aderiram ao sistema de cogestão – Guaíba e Uruguaiana – estão em bandeira laranja nesta rodada.

Para o total do Rio Grande do Sul, houve redução no número de confirmados em leitos clínicos (-14%) e em UTI (-2%). Os óbitos apresentaram elevação de 3% (de 456 para 469).

Veja abaixo um resumo da 35ª rodada, de acordo com mapa preliminar do distanciamento controlado.

Regiões que apresentaram piora (2):

LARANJA > PRETA:
Bagé (em cogestão)

LARANJA > VERMELHA:
Pelotas (em cogestão)

Regiões que seguem iguais (16)

BANDEIRA VERMELHA

  • Cachoeira do Sul (em cogestão)
  • Canoas (em cogestão)
  • Capão da Canoa (em cogestão)
  • Caxias do Sul (em cogestão)
  • Ijuí (em cogestão)
  • Lajeado (em cogestão)
  • Palmeira das Missões (em cogestão)
  • Passo Fundo (em cogestão)
  • Porto Alegre (em cogestão)
  • Santa Cruz do Sul (em cogestão)
  • Santa Rosa (em cogestão)
  • Santo Ângelo (em cogestão)

BANDEIRA LARANJA

  • Cruz Alta (em cogestão)
  • Guaíba
  • Novo Hamburgo (em cogestão)
  • Taquara (em cogestão)

Regiões que apresentaram melhora (3)

VERMELHA > LARANJA

  • Santa Maria (em cogestão)
  • Uruguaiana
  • Erechim (em cogestão)

LEIA MAIS:notícias saúde Folha do Mate

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes