Seca revela vila alagada há 40 anos

-

Além de causar prejuízos nas lavouras e na economia dos municípios, a seca que atinge o Rio Grande do Sul há sete meses revelou uma paisagem histórica em Quinze de Novembro, na Região Noroeste, uma das mais atingidas pela falta de chuvas. Na barragem de Passo Real, o maior lago artificial do estado, o baixo nível da água revela as ruínas de uma comunidade extinta há 40 anos.

Nas represas do Lago Passo Real, uma área que ocupa 22 mil hectares, as árvores que antes ficavam submersas estão com as raízes à mostra. O solo já apresenta rachaduras. Com o nível do Rio Jacuí 15 metros abaixo do normal, a capacidade de operação do Sistema Jacuí está em 30%. Antes da estiagem, a produção de energia no local era suficiente para abastecer cerca de 1,1 milhão de pessoas. Com a capacidade atual, a produção não chega a atender 400 mil.

Fonte: G1

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes