Medicamentos foram apreendidos no centro espírita. (Foto: Alvaro Pegoraro)

Agentes da Polícia Civil de Venâncio Aires cumpriram, no final da manhã desta segunda-feira, 11, um mandado de busca e apreensão em um centro espírita de Venâncio Aires. Durante a ação, foram apreendidos medicamentos, seringas e anestésicos.

De acordo com o delegado Felipe Staub Cano, a suspeita é que no local estavam sendo realizadas práticas ilegais de medicina e ainda possíveis abusos sexuais de pacientes.

Acompanhado por seu advogado, o médium foi encaminhado à Delegacia de Polícia para prestar depoimento. Questionado sobre o exercício ilegal da medicina e as acusações de importunação sexual, se manteve calado.

O delegado Cano disse que três pessoas já registraram ocorrências contra o médium, mas ele sabe que há outras vítimas. O médium não foi preso neste momento, mas o titular da DP não descarta que isso venha a acontecer no decorrer do inquérito policial.

*Este texto foi atualizado às 16h18min para atualização e acréscimo de informações. 

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome