Delegado foi a Santa Clara e recuperou os móveis (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Delegado Vinícius Lourenço de Assunção e agentes da Polícia Civil recuperaram, ontem pela manhã, móveis e eletrodomésticos que foram furtados de uma casa, em Venâncio, e levados para Santa Clara do Sul. Tudo estava dentro de um apartamento e foi devolvido ao proprietário, um homem de 37 anos.

Trata-se de um jogo de sofás, uma mesa com cadeiras, uma geladeira, uma máquina de lavar roupas e um aparelho de som, entre outros objetos. O denunciante disse que faltou o seu fogão a gás e um aparelho de DVD.

Conforme o que a vítima registrou na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), no dia 2 de janeiro um casal que havia alugado sua casa, no bairro Cruzeiro, contratou um fretista, carregou todos os móveis e eletrodomésticos em um caminhão e sumiu. “Quando ele soube que o casal estava carregando seus móveis em um caminhão, foi imediatamente até a sua casa, mas não havia mais ninguém lá”, observou o delegado.

O dono do imóvel descobriu quem era o caminhoneiro e este disse que levou o casal e os objetos até uma casa, em Santa Clara. “Ficaram 18 dias na minha casa, não pagaram o aluguel e nem a chave me entregaram”, mencionou a vítima.

No dia seguinte o delegado Vinícius e agentes da PC foram ao local, fizeram os levantamentos necessários e foi representado por um mandado de busca e apreensão. Ontem eles foram cumprir a ordem judicial, mas descobriram que o casal havia mudado de endereço.

Foram feitos novos levantamentos e os policiais souberam que o casal – e dois filhos pequenos – tinham ido morar em um apartamento, no centro da cidade. No local foram encontrados – e recolhidos – quase todos os móveis e eletrodomésticos.

COMPRARAM

Questionados sobre as mercadorias, o homem e a mulher negaram que furtaram da casa onde moraram, em Venâncio, e mencionaram que compraram. “Mas alegam que não guardaram as notas”, disse o delegado. O casal responderá por furto.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome