A última sessão ordinária de 2018 da Câmara de Vereadores de Passo do Sobrado não seguiu o ritmo amistoso de um fim de ano. Realizada na quarta-feira, dia 26, o encontro previa a votação do orçamento municipal para 2019 e a eleição da nova mesa diretora. Ambos até aconteceram, mas não de uma forma tranquila.

A polêmica começou no início da sessão, quando o atual presidente, Valdenir Linch (PTB) abriu a reunião, mas foi interrompido pelos vereadores Airo da Fonseca e Valdir Pacheco (PTB) e Emanuel Kroth e Selmo Baierle Fagundes (PT). Eles argumentaram que Linch não poderia presidir a sessão porque na verdade estava como prefeito. “Ele não poderia conduzir dois órgãos públicos ao mesmo tempo e como foi nomeado prefeito, deveria responder pela Prefeitura e não pela Câmara”, afirmou Airo da Fonseca.

A menção do vereador é referente ao mal entendido gerado entre Executivo e Legislativo desde a última segunda-feira, 24. Nesta semana, com o prefeito Hélio de Queiroz (PTB) de licença saúde e o vice Cristiano Konzen (PT) de férias, o presidente do Legislativo, Valdenir Lich deveria assumir a Prefeitura. Apenas ‘deveria’, porque na prática isso não aconteceu. “Fiquei sabendo pelo Facebook”, afirmou Linch, conforme matéria publicada na Folha do Mate desta sexta, 28.

Não concordando com a presença de Linch para presidir a sessão, os quatros vereadores se retiraram e não participaram da votação do orçamento do município para o ano que vem, nem da votação da nova mesa diretora.

Elisio Machado é o novo presidente

Mesmo com apenas cinco vereadores no plenário, a sessão seguiu e teve a eleição da mesa diretora para 2019. De forma unânime, com os votos dos parlamentares presentes na sessão, foi eleito presidente Elisio Machado (PP), vereador mais votado de Passo do Sobrado em 2016. Machado agradeceu aos votos recebidos na Câmara e falou em uma ‘maior união’ para 2019. “Precisamos valorizar o trabalho do Legislativo”, destacou.

O novo presidente disse ainda que pretende dar continuidade à obra da nova sede da Câmara, implementar o ponto eletrônico e propor a realização de reuniões interiorizadas. “Espero que os secretários municipais também participem. A ideia não é fazer sessão pelo interior, mas nos reunirmos com as comunidades para entender melhor das necessidades de cada localidade.”

Foto: Divulgação / Elisio Machado comandará o Legislativo em 2019
Elisio Machado comandará o Legislativo em 2019

Mesa diretora 2019

Presidente: Elisio Machado (PP)Vice: Celina Maria Fagundes da Rosa (MDB)1º secretário: Vinicius Irajá Bartz da Rosa (PDT)2ª secretária: Nubia Andreia Kaufmann Bartz (PDT)