coronavírus
O comitê de gerenciamento de crise criado pela Administração de Vale Verde reuniu-se neste domingo, 24, para debater sobre os planos de enfrentamento para o novo coronavírus.
Na oportunidade, a Secretaria de Saúde informou que três servidores da Prefeitura que realizaram teste rápido sanguíneo em um consultório particular, testaram como resultado IgG reagente, que é um resultado positivo para a Covid-19, mas indica que eles tiveram contato com alguém com o vírus, mas não apresentaram sintomas. Desta forma, são pessoas que estão com anticorpos e imunes. Duas outras pessoas da Prefeitura deram resultado indefinido. Elas estão afastadas e irão repetir o teste.
O outro caso confirmado é uma mulher, de 41 anos, que trabalha na Companhia Minuano de Alimentos e realizou o teste rápido de rotina na empresa, que é conduzido pelo Laboratório de Análises Clínicas (LAC), da Univates, no dia 19. No entanto, somente neste fim de semana a Secretaria de Saúde foi notificada. A mulher também testou IgG reagente, igual os demais três casos. Portanto, os quatro primeiros casos confirmados da Covid-19 em Vale Verde, segundo os testes, estão curados.
“O Município não está ocultando informações de possíveis contaminados. Todos os dados, desde que confirmadas a clareza e a sua exatidão, são divulgados”, explicou o prefeito Carlos Gustavo Schuch.
Das cinco novas pessoas monitoradas, duas consultaram na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Vale Verde com sintomas leves da Covid-19 e estão em isolamento domiciliar e são monitoradas. Outras três pessoas residem em outro município, realizaram a consulta no local de moradia, mas são monitorados por Vale Verde por conta dos cartões do SUS ainda estarem vinculados ao município. O outro monitorado é o que já havia sido divulgado no boletim do dia 18 de maio.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome