Com informações de Claudio Froemming.

Na tarde da terça-feira, 3, alguns moradores, veranistas e representantes do Executivo e Legislativo vistoriaram uma draga que extrai areia na parte norte do rio Jacuí, a um quilômetro da praia, quase na divisa com General Câmara. Estiveram no local o veranista do balneário Monte Alegre, Manoel da Silva Faleiro, que convocou mais alguns moradores, além do prefeito Ricardo de Azeredo, do responsável pelo meio ambiente da prefeitura Rodrigo Klamt, do fiscal Luis Carlos da Silva, e do presidente da Câmara Euzébio França.

O grupo foi recepcionado pelo assessor de imprensa da Aro Mineração Rafael Dias Borges, e pelo supervisor Gilson Santos. A comitiva solicitou nota fiscal da carga que estava sendo carregada, bem como, se a draga estava operando dentro da sua área de atuação. Ficou constatado que tudo estava dentro da lei. Porém, o objetivo principal era solicitar que a empresa retire a draga do local, parando com a extração nesta parte do rio. Conforme Faleiro, a dragagem faz com que a areia da praia se mova em direção ao buraco que fica depois da extração.