Prefeito se reuniu com integrantes da diretoria da escola e também da Secretaria de Educação (Foto: Carlos Dickow)

O prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert (PSB), reuniu em seu gabinete, na manhã de ontem, integrantes da diretoria da Escola Odila Rosa Scherer e da Secretaria de Educação para afirmar que as obras no ginásio de esportes da instituição de ensino estão garantidas e que não será necessário a Câmara de Vereadores repassar valores para a intervenção. Segundo Wickert, a reforma está orçada em cerca de R$ 100 mil e o Município vai encaminhar licitação para definir a empresa responsável pelo trabalho.

O chefe do Executivo comentou ainda que em momento nenhum procurou o presidente da Câmara de Vereadores, Eduardo Kappel (Progressistas), para pedir dinheiro para as obras. “Eu chamei todo mundo aqui para passar esta situação a limpo. Da maneira como a informação foi repassada, parece que o prefeito não sabe das demandas da comunidade e que são sempre os outros que resolvem os nossos problemas. Mas, na verdade, a questão do ginásio vinha sendo tratada havia muito tempo”, argumentou ele.

Wickert esclareceu que engenheiros da Prefeitura elaboraram levantamento sobre as prioridades da área da Educação e que a intervenção no ginásio da Odila Rosa Scherer já estava programada. “Eu não procurei o presidente da Câmara. Não tinha motivo para isso, pois o procedimento estava sendo encaminhado”, reforçou, acrescentando que ficou triste ao ver o assunto repercutir na imprensa sem antes ter ocorrido o diálogo entre comunidade escolar, Município e Secretaria de Educação. “Fiquei sentido e, por isso, estou fazendo este desabafo. Muitas vezes, questões políticas prejudicam o bom andamento das demandas, mas podem ter certeza de que estamos atentos às necessidades do nosso povo”, concluiu.

LEIA MAIS: Ginásio da escola Odila é interditado

RUÍDO

O presidente do Legislativo, Eduardo Kappel, reafirmou ontem que falou sobre o assunto, há cerca de 20 dias, pelo menos, com Giovane Wickert. “O prefeito tá louco, então, porque ele me disse que ia fazer a obra e perguntou se podia contar comigo, se fosse preciso. Eu disse que sim”, declarou. O comandante da Câmara ponderou, no entanto, que “às vezes dá ruído na comunicação, porque ele (Wickert) fala uma coisa pro Celso (Krämer, vice-prefeito), o Celso fala alguma coisa pra mim e a gente já se falou há muito tempo”. Kappel finalizou dizendo que “o mais importante é que esta obra vai sair, tá tudo certo”.

CERTEZA

A diretora da escola, Márcia Hickmann, também destacou que, independente da origem do dinheiro, a informação mais relevante é que a instituição será atendida. Ela lembrou que o processo licitatório deve demorar um pouco para ser concluído – o que vai prejudicar o dia a dia da escola no que tange às atividades recreativas e culturais -, mas preferiu adotar o mesmo discurso de Kappel: “Apesar de sabermos que não será uma intervenção rápida, temos a certeza de que o ginásio de esportes vai ser recuperado”, disse.

A Escola Professora Odila Rosa Scherer tem 378 estudantes. Eles frequentam da pré-escola ao 9º ano e têm entre 4 e 16 anos de idade.

IMPORTANTE

O ginásio de esportes da Escola Professora Odila Rosa Scherer foi interditado pela Prefeitura na sexta-feira, 19. O assoalho da quadra apresenta avarias ocasionadas ao longo de 20 anos, por conta da umidade e enchentes. A nova estrutura será de concreto, com pintura emborrachada.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome