Elida Klamt na 6ª CRE

A professora venâncio-airense Elida Klamt foi confirmada ontem para a chefia da 6ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). O nome dela vinha sendo especulado havia muito tempo, e a oficialização veio com um telefonema do secretário estadual de Educação, Faisal Karam. Elida, que lecionou durante 27 anos tanto no Colégio Gaspar, quanto na Escola Wolfram Metzler, tem 54 anos e será empossada na próxima segunda-feira, dia 2 de setembro, em solenidade em Porto Alegre. Depois, passará por atividades de formação e capacitação durante 30 dias, antes de assumir a 6ª CRE, que tem sede em Santa Cruz do Sul.

EXPULSÃO DE KAPPEL

O vereador Eduardo Kappel (Progressistas), presidente da Câmara Municipal de Vereadores, deve ter a expulsão do partido confirmada ainda esta semana. Segundo apurou a coluna, a executiva municipal deve se reunir para deliberar sobre o assunto. O processo de expulsão de Kappel já vem de longa data e estava em análise na executiva estadual. O próprio vereador já manifestou que está apenas à espera da exclusão para mudar de legenda. O destino mais provável dele é o PTB, sigla presidida pelo vice-prefeito Celso Krämer, que já abriu as portas para Duda, como é conhecido o presidente do Legislativo.

FEIRA DO LIVRO EMPOLGA

Feira do Livro de Venâncio Aires encerra a 20ª edição com números expressivos. De acordo com a comissão organizadora, foram 8,3 mil obras comercializadas e cerca de 20 mil visitantes em quatro dias de evento. A coordenadora de Comunicação e Marketing da Prefeitura, Adriene Antunes, e a gerente do Sesc, Diane Lacerda Araujo, acreditam que o sucesso comercial e de público se deve à aposta dos livreiros em obras não apenas para as crianças, mas também para adolescentes e adultos. A diversificação dos livros oferecidos, aliada ao show da banda Nenhum de Nós, do patrono Thedy Corrêa, e às atividades culturais e de animação, formaram a receita perfeita para a festa da literatura deste ano.

HOSPITAL SEGUE REMANDO

Hospital São Sebastião Mártir ainda convive com dificuldades financeiras, mas vê um horizonte melhor, com regularização de recursos do Estado e novas receitas a partir de prestação de serviços. Informações são do administrador Fernando Branco, que ontem participou do Terra em Meia Hora, na Rádio Terra FM.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome