Extraordinárias

Presidente da Câmara, Eduardo Kappel (PL) afirmou nesta segunda-feira, 7, durante a reunião interiorizada de Picada Nova, que pretende convocar sete sessões extraordinárias, para que a Câmara passe mais uma vez pelos distritos do interior. Como os vereadores não recebem pelas extraordinárias, ele fez um desafio: “Quero ver se quem fica fazendo discursinho vai aparecer nas sessões, que não são pagas”. Resta saber se ele vai mesmo levar a intenção adiante. Nos bastidores, saiu um retruque: “Pra ele (Kappel) é fácil, pois não gasta combustível do próprio bolso. Vai no carro da Câmara”.

SOBRE O TUTELAR

Elígio Weschenfelder, coordenador do Parque do Chimarrão, entrou em contato com a coluna para corrigir a informação relacionada aos apoios políticos para a eleição do Conselho Tutelar. Disse que trabalhou para a quinta colocada no pleito, Barbara Andressa da Silva, que obteve 220 votos. “É minha cunhada. Esqueceu de mim, meu amigo. Só para registro”, declarou. Também fez referência que Aline Machado da Silva ficou em terceiro, e não em segundo lugar, como informado neste espaço. “As duas tiveram 255 votos, mas no critério de desempate com a Bárbara Fischer da Silva, a Aline ficou em terceiro”, disse Weschenfelder. Feito o registro.

‘FEIRA’ NA SESSÃO

Para entender alguns dos pronunciamentos dos vereadores, na sessão da Câmara desta segunda-feira, 7, em Picada Nova, precisei ouvir os áudios, ontem pela manhã, quando cheguei à redação da Folha do Mate. Motivo: as inúmeras conversas paralelas impediram a compreensão do que estava sendo dito na tribuna. Em determinado momento, a sessão mais parecia uma feira – com todo o respeito aos feirantes, que costumam elevar o tom de voz para venderem seus produtos -, tamanha era a gritaria no ginásio da comunidade. E o pior é que a maioria dos participantes da algazarra era de pessoas ligadas ao Legislativo. Precisam lembrar que tem gente interessada em saber o que está sendo falado para poder transmitir à comunidade. Depois não sabem porque a política está cada vez mais em baixa. Sem contar a falta de respeito com quem foi eleito para representar o povo e não tem a atenção merecida. Lamentável.

SINALIZAÇÃO NA 287

Trecho da RSC-287, nas proximidades da Ervateira Elacy, está sem sinalização. Há obras de melhorias por ali, mas é muito ruim dirigir, à noite, sem um ‘norte’ na pista. Na segunda-feira, 7, na ida e volta até Picada Nova, passei pelo ponto e senti a dificuldade. É um risco muito grande, pois os caminhões, principalmente, acabam avançando sobre a faixa contrária, tudo por conta de os motoristas não terem referência no asfalto.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome