Jarbas ressalta harmonia entre os poderes

O prefeito de Venâncio Aires, Jarbas da Rosa (PDT), ressaltou, em seu pronunciamento durante a sessão solene da Câmara de Vereadores, realizada no Chimarródromo, na noite de quarta-feira, 11, a importância da harmonia entre os poderes Executivo e Legislativo. Foi uma escolha acertada, pois, de certa forma, amenizou o clima de tensão que existe entre ele o presidente da Casa do Povo, Benildo Soares (Republicanos). Soares, aliás, foi citado por Jarbas de forma individual, por estar “fazendo um belo trabalho no Legislativo”. Sobre os demais parlamentares, o prefeito afirmou que “não se furtam das grandes discussões que visam o crescimento de Venâncio Aires”. Também lembrou os 131 anos da Capital do Chimarrão e saudou os novos Cidadãos. Jarbas mostrou que, apesar de ter tido eventuais indisposições com Soares, prefere a paz do que a guerra. Um depende do outro. O alinhamento é bom para ambos.

Autor do gol do título de 2002 manda recado

A Folha do Mate publicou, na edição de quinta-feira, 12, matéria especial assinada em parceria por mim e o colega Roni Müller, que tratou dos 20 anos do título Gaúcho do Guarani, conquistado no dia 12 de maio de 2002. Foram fontes o treinador Mano Menezes, os atletas Bolívar e Eder Lazzari, o presidente Zecão Melchior e o vice-presidente Flávio Bienert. Faltou a palavra do cara que fez o gol do título no 1 a 0 diante do São Gabriel: o zagueiro Luiz Fernando. Em razão de compromissos profissionais, ele não conseguiu nos atender a tempo, mas trago aqui neste espaço a manifestação do capitão daquela conquista.

“É uma honra de fazer parte da história do Guarani. Foi um grupo espetacular. Quando cheguei, o time corria risco de rebaixamento, mas tivemos uma arrancada no segundo turno, com todos se dedicando ao máximo, mesmo dentro das limitações de cada um. Todos tiveram sua importância para a conquista, que agora completa 20 anos. É algo que vai ficar para sempre na minha memória, assim como na lembrança dos colegas, das pessoas que se envolveram com o clube e dos torcedores do Guarani. Agora, a comunidade deve se engajar, como naquela época, para que o time consiga o seu objetivo de voltar à Série A. O Guarani merece a primeira divisão. Depois do título Gaúcho de 2002, tivemos jogadores que foram bem sucedidos na carreira, além de um técnico que dispensa comentários ou apresentação. Desejo a melhor sorte possível para o Guarani, neste ano. Grande abraço”.

Internações em UTI por Covid apresentam alta

Boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica de Venâncio Aires na quinta-feira, 12, surpreendeu a todos pelo número expressivo de pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) em decorrência de complicações relacionadas à Covid-19. Segundo o boletim, quatro pessoas estavam na UTI, mas nesta sexta-feira, 13, o diretor técnico e o administrador da casa de saúde, Guilherme Fürst Neto e Fernando Siqueira, respectivamente, confirmaram à coluna que um paciente deu alta e três continuam na unidade. Há ainda uma pessoa internada em leito clínico.

Entre terça, 10, e quinta-feira, 12, foram confirmados 25 novos casos da doença em Venâncio Aires, elevando para 16.912 o número de diagnósticos positivos desde o início da pandemia. Destes, 16.732 (99%) são considerados recuperados. Há 32 pacientes em recuperação domiciliar. O número de mortes é de 143. Os gestores do HSSM comentaram também que pacientes de UTI Covid não estão mais em locais específicos. Ou seja, ficam no mesmo espaço em que estão pessoas com outros problemas que demandam terapia intensiva, mas com o devido cuidado de isolamento. Sobre as internações em UTI mais recentes em decorrência do coronavírus, os profissionais dizem que, em geral, os pacientes apresentam comorbidades ou não têm o esquema vacinal completo.

Muchila elege Garcia como seu novo desafeto

Vereador Elígio Weschenfelder, o Muchila (PSB), já elegeu o seu mais novo desafeto. É o secretário de Segurança Pública, Jair Garcia. O parlamentar o acusou de estar abusando da autoridade em abordagens relacionadas ao trânsito e chegou a dizer que Garcia não poderia andar fardado, como se fosse agente, “porque tem que se conscientizar que é um policial aposentado”. Gerson Ruppenthal (PDT) rebateu afirmando que é prerrogativa do secretário, que acumula a coordenação do Setor de Trânsito e da Defesa Civil, além de ser policial, atuar neste sentido.

VT é provocado sobre enxurradas e responde

Rodrigo Garin, o Rodrigo VT (MDB), não gostou nem um pouco de ser cobrado, na sessão da Câmara de segunda-feira, 9, por “não ter resolvido” os problemas relacionados às enxurradas na parte baixa da cidade, algo que ele sempre cobrou quando não fazia parte da Administração. Respondeu firmemente à provocação de Elígio Weschenfelder, o Muchila (PSB): “As coisas pelas quais eu briguei, sempre apresentei soluções. Lutei independente de governo. Inclusive eu e minha esposa perdemos emprego por causa disso. Na questão do desassoreamento do arroio Castelhano, coordenei trabalhos em quase quatro quilômetros. Isso causa inveja em muita gente, porque eu entrei no Executivo e fiz aquilo que eu sempre pedi que fosse feito”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques